> TURNEIROS DA ARLANXEO REJEITAM PROPOSTA DE ACORDO EM SEPARADO | Sindipolo

TURNEIROS DA ARLANXEO REJEITAM PROPOSTA DE ACORDO EM SEPARADO

PUBLICADO:

A decisão das assembleias expressa a vontade da maioria dos

turneiros da Arlanxeo. Ela é soberana e deve ser respeitada

Nas assembleias de apreciação de propostas da Ar­lanxeo para acordo de turno e acordo em separado, os trabalhadores rejeitaram o que foi apresentado pela em­presa. Tanto a proposta de acordo propriamente dita, como a intenção da empresa de que o acordo fosse sepa­rado do atual que contempla os trabalhadores da Arlanxeo HPE, da Braskem e da Innova.

A decisão dos turneiros da Arlanxeo deixa claro que querem um acordo de tur­no junto com os turneiros da Innova e da Braskem. Ape­sar da pressão interna com constantes reuniões que ten­tavam convencer os traba­lhadores das “vantagens” da proposta da empresa.

O principal motivo da rejeição é o fato de ser um acordo em separado, pois di­ficulta melhorias no acordo e impõe condições de nego­ciação que facilitam a retira­da de direitos. A votação foi muito representativa com 82 votantes, dos quais 45 (54,87%) rejeitaram.

 

Na segunda-feira, 08, o Sindicato formalizou à em­presa a decisão dos traba­lhadores da Arlanxeo em relação ao acordo de turno. No mesmo encontro a em­presa, ignorando o que foi decidido, apresentou uma proposta de acordo de turno somente para os turneiros da TSR. Após o que foi apresentado, o Sindicato reiterou que o resultado das assembleias é soberano e será rigoro­samente seguido. O Sin­dicato é a entidade que representa os trabalhadores e não só por princípio, mas também porque é sua obri­gação respeitar o que é deci­dido pelos trabalhadores.

111111111111