TRANSPORTE DA POOLS

PUBLICADO:

Tem diversos problemas na Pools que transporta os terceirizados. Vão de  segurança, até condições de conforto para os usuários. Estes são submetidos a viagens de até quatro horas de ida e volta do trabalho.

Tem exemplo de algumas linhas, feitas por vans, que simplesmente não há espaço entre os bancos para os usuários.

A questão é tão crítica que, se por ventura, quem estuda ou por outra razão tem que usar uma linha diferente, é simplesmente proibido este uso.  Mesmo que muitas linhas tenham lugar sobrando.

As empresas têm um discurso de qualificação e formação e “valorização” dos trabalhadores, por isso deveriam, no mínimo, garantir condições adequadas nas viagens para o trabalho.

É evidente o descaso em relação a este transporte. Conforme também a matéria abaixo, a idéia que fica é que os gestores da Braskem, que só se preocupam em mostrar serviço, precarizando as condições de trabalho, não estão nem aí para a situação dos terceirizados, que são, no caso da Braskem, de dois para cada trabalhador direto.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD