> “TRANSIÇÃO” NA INNOVA | Sindipolo

“TRANSIÇÃO” NA INNOVA

PUBLICADO:

Até recentemente, muito do que era buscado do ponto de vista das relações de trabalho e até de direito dos trabalhadores com vistas a aproximar o máximo possível as condições dos trabalhadores da Petrobras, não era conseguido. Um dos argumentos eram as limitações e/ou restrições, pois a empresa estava vinculada à Petrobras Argentina.

Com a passagem do comando da Innova diretamente para a Petrobras  e até com alguns indicativos iniciais, a partir do anúncio de um plano de transição, houve, por parte dos trabalhadores, uma grande expectativa de que boa parte das dificuldades anteriores seriam resolvidas e implantadas melhorias, em função da mudança de comando da empresa.

O tempo está passando, as dificuldades anteriores não foram resolvidas, as melhorias das relações também não ocorreram, inclusive em alguns aspectos pioraram. Com isso, há uma grande frustração e preocupação entre os trabalhadores. Há receio do que possa acontecer com a empresa, agravada pela demora nas respostas do que seria a “transição”. Também há uma distorção do que estabelece o documento “Política e Diretrizes de RH”.

Reunião com a empresa

O Sindicato solicitou uma reunião com a direção da Innova, que deve acontecer nos próximos dias. O objetivo é levar à empresa as preocupações existentes entre os trabalhadores e buscar uma posição, que possa eliminar as ansiedades e preocupações antes que a situação e o ambiente de insegurança se agrave ainda mais.

Para termos o máximo de elementos e informações possíveis para tratar na reunião, os dirigentes sindicais da Innova conversarão com os trabalhadores, para colher as principais demandas e preocupações.