Terror na Oxiteno

PUBLICADO:

Desespero leva empresa a apelar a práticas anti-sindicais com ataques contra os trabalhadores

Aproveitando-se de um feriadão, a empresa pressionou os seus trabalhadores exigindo que assinem carta onde descredenciariam o SINDIPOLO como seu representante. Esta atitude revela o desrespeito da empresa com os seus trabalhadores. Agora, além de tentar manter um perverso e ilegal regime de trabalho, acha-se ainda no direito de atacar a organização que representa os trabalhadores, assediando moralmente a cada trabalhador dentro da empresa.

Estas ações tipicamente anti-sindicais ocorridas no âmbito da Oxiteno contra os trabalhadores, já foram levados ao conhecimento da Juíza da Vara do Trabalho de Triunfo e ao Ministério Público do Trabalho (MPT). Pedimos que se determine que a Oxiteno cesse imediatamente tais práticas, sob pena de arbitramento de multa e outras penalidades de ordem pública.

Além disto, o Sindicato está preparando processo para denúncia na OIT contra a  Oxiteno, por ataque a livre organização dos trabalhadores.  A absoluta maioria dos trabalhadores não aceitou a pressão da empresa, demonstrando claramente que não se sujeitam mais aos desmandos de certos diretores e gerentes que se julgam acima da lei.  O regime de turno que a Oxiteno teima em aplicar está chegando ao fim, pela lei, pela saúde, e acima de tudo, pela vontade dos seus trabalhadores




DESENVOLVIMENTO BY
KOD