TERCEIRIZADOS DO POLO PODERÃO ENTRAR EM GREVE

PUBLICADO:

O SINDIPOLO participou na terça (5), da manifestação de cerca de três horas realizada pelos trabalhadores terceirizados, na via de acesso ao Polo. A atividade foi uma demonstração de que a categoria está cansada de promessas e reivindica das empresas – contratantes e contratadas – melhores condições de trabalho e solução para os diversos problemas relacionados ao alagamento do transbordo, refeitório, vestiários, banheiros, trabalho na chuva, assédio moral, cobertura dos toldos, entre outros. Em assembleia realizada no local, os trabalhadores aprovaram estado de greve. Caso os problemas não sejam resolvidos, a categoria entrará em greve.

A decisão é um aviso às empresas de que a categoria está cansada das promessas. O Sindiconstrupolo denunciou que há meses e, em algumas situações, como o transbordo, há mais de ano, vem buscando a solução dos problemas, através de reuniões, ofícios, diálogo. Mas as empresas empurram com a barriga, se eximem das suas responsabilidades culpando umas às outras e continua tudo igual.

Segundo o Sindiconstrupolo, as empresas terão um prazo para apresentar soluções concretas e, caso a situação conti­nue como está, não estão descartadas novas paralisações e até uma greve, para que haja a solução definitiva dos problemas.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD