> TERCEIRIZADOS DO POLO DECIDEM POR ESTADO DE GREVE | Sindipolo

TERCEIRIZADOS DO POLO DECIDEM POR ESTADO DE GREVE

PUBLICADO:

Em assembleia realizada no dia 20 e junho, os trabalhadores terceirizados do Polo decidiram pelo estado de greve. A categoria tem data-base em 1º de junho e este ano negocia apenas as cláusulas econômicas. Os terceirizados buscam  13% de reposição salarial.

A decisão foi uma resposta dos trabalhadores as propostas rebaixadas que vem sendo apresentada pelas empresas. Já houve quatro reuniões de negociação, mas até o momento, as empresas não apresentaram uma proposta que atenda as reivindicações dos trabalha-dores. Os índices sequer  repõem a inflação do período. A última proposta das empresas foi de 6,5%.

Uma nova reunião foi marcada para esta terça, dia 26. Segundo o Sindicons-trupolo, que representa a categoria, os trabalhadores devem aumentar as mani-festações e inclusive poderão entrar em greve, caso as empresas não avancem na sua proposta.

Nova manifestação no dia 25

Os terceirizados realizaram, no dia 25, uma manifestação em frente a Portaria da UNIB. A atividade foi para denunciar o descaso das empresas com as questões das portarias e do refeitório.

O Sindiconstrupolo teve várias reuniões, tanto com a Braskem como com as teceirizadas para buscar soluções para os problemas e até o momento nada foi resolvido.

Nos refeitórios continuam as filas, e as portarias continuam sem abrigo para os terceirizados ou com abrigos “meia boca”.

O ato também cobrou uma proposta de negociação salarial que atenda as expectativas dos trabalhadores.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD