> SOFRIMENTO MENTAL E ASSÉDIO MORAL FORAM TEMAS ABORDADOS PELO SINDIPOL | Sindipolo

SOFRIMENTO MENTAL E ASSÉDIO MORAL FORAM TEMAS ABORDADOS PELO SINDIPOL

PUBLICADO:

A palestra do Sindipolo na SIPAT da Braskem, no último dia 18, debateu o tema A importância do trabalho como papel central na constituição da identidade. A Dra. Jane Wolff, médica do Trabalho e mestranda em Psicologia com pesquisa no tema do Assédio Moral, palestrante no evento, destacou que o sofrimento mental está intimamente relacionado com as novas organizações do trabalho.

Questões como sobrecarga e polivalência, geram este sofrimento, na medida em que a jornada de trabalho não é suficiente, havendo necessidade de levar tarefas para casa. Outros fatores como avaliação do desempenho, definição de metas inalcan-çáveis, competitividade também são fatores de sofrimento.

O assédio moral se constitui neste contexto determinando intenso sofrimento mental, disse ela. Para Jane, a situação é grave e há um alto custo individual, familiar e social dessa prática.

Como contraponto, ela destacou o reconhecimento no trabalho, como um dos pilares da saúde mental, aliado a  solidariedade e a ética. Estes, disse, são os instrumentos que os trabalhadores têm nas mãos para enfrentar essa realidade. Jane destacou ainda como formas de enfrentar a prática, a confiança e cooperação e o fortalecimento da resistência através do movimento sindical.