> REUNIÃO DA COMISSÃO DE PLR – BRASKEM | Sindipolo

REUNIÃO DA COMISSÃO DE PLR – BRASKEM

PUBLICADO:

Novamente o representante do SINDIPOLO e alguns membros eleitos questionaram e propuseram melhorias em alguns itens do Acordo, tais como:

Estabilidade para os membros eleitos da Comissão.

Que o percentual decorrente da ava­liação realizada no PA não seja um multi­plicador incidente na Parcela econômica, visto que esse percentual “nunca” atin­ge 100%. Aplicar direto o percentual eco­nômico em cima de 50% do valor pactu­ado e aplicar o percentual do PA direto nos outros 50% do valor, somando-se as duas partes.

Que Horas Extras não sejam metas de PA’s dos trabalhadores e nem de chefias, visto que já existe meta de GFD.

Que na parcela Operacional ( 80%) seja aplicada a mesma regra da parcela econô­mica, ou seja, se a meta ficar abaixo seja descontado e se a meta ficar acima seja aumentado o valor, limitando-se a 80%. Buscando dados de uma determinada Unidade como exemplo constatou-se que nos últimos 09 anos, nunca atingimos 80% e a média ficou em 76,26%. Se somarmos com a média da Parcela Individual Atri­buida, essa perda é ainda maior.

Que a Comissão seja informada de ime­diato sobre todos assuntos relativos a PLR, evitando assim a “boataria” que ocorreu nes­te ano com relação a data de pagamento.

Não seja adotado o critério de propor­cionalidade nos casos de afastamentos por motivo de acidentes ou doenças (não ocupacionais) ocorridas dentro do exercí­cio/ ano fiscal e por um período máximo de 180 dias, ainda que não consecutivos.

Que na Parcela Operacional do PA não sejam colocadas metas antagônicas, ex. Uso de água em trocadores X Produção final de petroquímicos.

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD