> REUNIÃO COVID-19 COM AS EMPRESAS | Sindipolo

REUNIÃO COVID-19 COM AS EMPRESAS

PUBLICADO:

As reuniões quinzenais entre SINDIPOLO e Empresas do Polo Petro­químico/Sindiquim continuam ocorren­do nas tratativas de combater os casos de Covid-19 no meio ambiente de tra­balho. A última reunião realizada na semana passada, foi apresentado pelo Sindiquim o número de trabalhadores positivados nas quatro empresas, Ar­lanxeo, Innova, Oxiteno e Braskem, se mantém num quadro estável, apesar da Braskem que continua com uma quantidade de pessoas, 14 casos, bem acima das demais. Quanto aos trabalhadores terceirizados do Polo, as empresas continuam omi­tindo estas informações ao SINDIPOLO, sendo que as empresas terceirizadas também não repassam nenhuma in­formação ao Sindiconstrupolo. Mas é de conhecimento geral de vários casos positivados, hospitalizados e, infeliz­mente, até de mortes pelo vírus entre os trabalhadores terceiros.

VACINAS JÁ

Alguns municípios da Região Me­tropolitana iniciaram a vacinação de trabalhadores que atuam na indústria, seguindo o Plano Nacional de Imuniza­ção para Covid-19. A Sec. de Saúde de Triunfo está realizando neste momento está vacinação para trabalhadores da indústria que residem no município. O Sindipolo, junto com outras organi­zações está solicitando também que o Governo de Estado/RS libere mais do­ses para Triunfo para atender a todos os trabalhadores do Polo Petroquímico in­dependente de ser morador da cidade. Canoas, Cachoeirinha e Taquari também estão tomando a mesma medida. O Sin­dipolo defende que haja a necessária disponibilização de mais vacinas para os municípios com indústrias, isso sem tirar a vacina dos moradores da cidade. Portanto precisa que o Governo obte­nha mais doses e assim cumpra o Plano Nacional de Imunização.

RETORNO DOS VACINADOS

Na reunião o Sindipolo comunicou que na empresa Braskem houve dois ca­sos de trabalhadores do Grupo de Risco que voltaram para o local de trabalho sem estarem com a imunização com­pleta, ou seja, com a 2° dose da vacina contra a Covid-19. Também solicitou que as quatro empresas apresentassem o Protocolo para o retorno destes tra­balhadores. Innova e Oxiteno não estão chamando de volta os trabalhadores deste Grupo, mesmo depois da 2° dose. A Arlanxeo só depois da 2° dose.

Importante que não haja o retorno do pessoal do Grupo de Risco sem co­morbidade (por idade) antes da 2° dose, pois a recomendação médica é de a imu­nização obtida pela vacina seja completa só após 21 dias da 2° dose. Sindipolo irá apresentar às empresas uma proposta contributiva de Procedimento para es­tes casos e os casos com comorbidades.

Oxiteno – Afirmaram não haver pre­visão de retorno deste grupo de traba­lhadores ao meio ambiente de trabalho.

Innova – A representação da empresa já havia saído por compromisso na solici­tação deste tema. O Sindiquim irá comen­tar a solicitação à empresa.

Foram tratados também desvios no transporte e na vestimenta da empre­sa Aferitec a qual tem contratos com as empresas Innova e Braskem. Foi solicita­do também maior controle e aumento das higienizações e sanitizações (princi­palmente de vestiários).

MICROS DE 28 LUGARES

Novamente foi abordado nesta reu­nião a questão trazida pelos usuários das cinco linhas de turno da condição inadequada para evitar as possíveis transmissões da Covid-19 no uso destes transportes. Este conflito já poderia ter sido resolvido.

Na questão ainda sobre transporte de trabalhadores, foi relatado os desvio cometido pelas empresas Aferitec, 3Z, Darcy Pacheco e Prestaserviço que uti­lizam veículos leves com lotação a 100% com o pessoal todo uniformizado no deslocamento ao Polo.

TESTAGENS PARA COVID

A Braskem executou o 3º ciclo de tes­tagem ao vírus para todos os trabalhado­res (diretos e terceiros) que estão aces­sando as unidades da empresa no Polo. Esta medida da empresa é protetiva e pe­dagógica e vem identificando, afastando e tratando os infectados, principalmente os assintomáticos. É importante que to­dos sejam testados.

O SINDIPOLO lembrou à Braskem que os motoristas do Turno da Turis Silva preci­sam ser testados e fez sugestões para cor­reção deste desvio e solicitou o empenho das empresas para não deixar de fora no­vamente estes trabalhadores da testagem.

A Innova tem um protocolo de testa­gem somente para os trabalhadores di­retos que estavam afastados do dia a dia da empresa e retornam ao ambiente de trabalho, seja por férias ou por outros motivos. O SINDIPOLO entende que to­dos que estão acessando a Unidade de­vam ser testados, tantos Diretos como Terceiros. O Sindipolo solicitou que a Innova seja a responsável pelas testa­gens de todos os trabalhadores como já praticado nas demais empresas do Polo Petroquímico e adotado principalmente nas Paradas de manutenção, não deixan­do essa responsabilidade simplesmente para as empresas terceiras apresenta­rem os testes.

O SINDIPOLO entende que havendo elevação do número de trabalhadores in­fectados no meio ambiente de trabalho, a responsabilidade será da Innova como contratante.

HOME OFFICE/GRUPO DE RISCO/COMORBIDADES

O Sindipolo solicitou que as empre­sas somente procedam ao retorno dos trabalhadores que estão em home-office e no Grupo de Risco (idade e comorbida­des) após 21 dias após a segunda dose da vacina da Covid-19 e após passar por con­sulta pelo médico do trabalho, um exame psicossocial e as devidas reciclagem/atu­alizações da sua função.