REUNIÃO COM TRABALHADORES DA ARLANXEO NO SINDIPOLO

PUBLICADO:

Na quinta-feira (14/04) foi realizada reunião no SINDIPOLO com os trabalhadores da ARLANXEO (TSR e HPE) onde foi de­batida a proposta da empresa de um acordo em separado, único, para os trabalhadores das duas unidades bem como a regulamentação através do Acordo Coletivo Geral do Polo.

Houve expressiva participação dos trabalhadores das duas unidades e um exaustivo debate sobre as consequências e im­plicações para os trabalhadores de um acordo em separado ou de integrar o Acordo Coletivo de Trabalho Geral do Polo. Discu­tiu-se as vantagens e desvantagens de uma e outra condição, principalmente as dificuldades para manter todas as atuais con­quistas e as limitações para buscar avanços num acordo em se­parado, se comparado com um instrumento que agrega todos os trabalhadores do Polo.

“Não há dúvidas quanto ao que já foi votado nas assembleias que ocorre­ram entre o dia 19 e 25 de fevereiro de 2016, quando 72% dos trabalhadores optaram pela regulação de suas con­dições de trabalho através do Acordo Coletivo de Trabalho Geral juntamente com todos os trabalhadores das de­mais empresas”.

OUTRA RODADA DE ASSEMBLEIAS

Como encaminhamento do debate ocorrido na reunião do dia 14, foi proposta uma outra rodada de assembleias, aos trabalhadores das unidades TSR e HPE, para posicionamento quanto a opção entre o Acordo Coletivo Geral do Polo (onde são contemplados os trabalhadores da Lanxess HPE (Arlanxeo), Braskem, Videolar-Innova e Oxiteno) ou por um acordo em separado, onde serão contemplados somente os trabalha­dores das duas unidades da ARLANXEO.

Para o SINDIPOLO, não há dúvida quanto ao que já foi votado nas assembleias que ocorreram entre o dia 19 e 25 de fevereiro de 2016, quando 72% dos trabalhadores opta­ram pela regulação de suas condições de trabalho através do Acordo Coletivo de Trabalho Geral juntamente com to­dos os trabalhadores das demais empresas. A questão foi levantada por trabalhadores que se posicionaram a favor do acordo em separado e, mesmo não havendo de parte do sindicato qualquer dúvida sobre o resultado anterior, nada impede que os trabalhadores se manifestem nova­mente reforçando o seu posicionamento.

Nesta rodada de assembleias, será tratado pelos traba­lhadores das duas unidades, se desejam:

– Acordo em separado só para LANXESS TSR e HPE, ou

– Integrar o Acordo Coletivo de Trabalho Geral do polo que abrange Braskem, Videolar-Innova, Arlanxeo HPE (atu­almente) e Oxiteno.

A partir do encaminhamento da reunião, em breve es­taremos realizando as assembleias.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD