> REUNIÃO COM A INNOVA TRATOU DE VÁRIOS TEMAS | Sindipolo

REUNIÃO COM A INNOVA TRATOU DE VÁRIOS TEMAS

PUBLICADO:

No último dia 04 de setembro o Sindipolo esteve reunido com a Innova para tratar diversos temas que VEM sendo, há algum tempo, discutidos com a empresa.

1-  Houve a apresentação do novo Gerente de Produção, na qual o Sindipolo cobrou que a nova gestão interpessoal com os trabalhadores seja uma relação de confiança, de empatia e que não haja mais problemas de assédio e de truculência.

2-  Reiteramos que uma boa gestão de pessoas deva ter um Plano de Cargos e salários que valorize os trabalhadores. A Innova informou que até o final do ano concluirá a descrição das funções e que provavelmente em 2020 estabelecerá uma data para implantar o tão esperado Plano de Cargos e Salários. O Sindipolo espera que realmente a empresa se comprometa em reimplantar este programa que atrai, motiva e retém os trabalhadores os quais geram para a empresa uma alta produtividade reconhecida pelo mercado e pela mídia.

3-  A Innova informou que resolveu o problema de falta de rádios de comunicação e que também está resolvendo o problema com o equipamento de comunicação “alta voz”. O Sindipolo reiterou a importância desta demanda dos trabalhadores nos serviços diários e principalmente nas emergências.

4-  A empresa já havia informado ao Sindicato sobre o programa de alimentação saudável e na época foi sugerido que tivesse opção e tempo para adaptação. Os trabalhadores já relataram problemas e a empresa informou que está melhorando o modo de preparo mas relatou que não terá opção de alimentação.

5-  Também informou que já está em vigor o programa de premiação de ideias que contribuam para melhorias na produção, na segurança e na administração em geral. Este terá um valor de premiação para até três trabalhadores trimestralmente. É salutar este programa mas a demanda principal dos trabalhadores seria a Innova ter apresentado um acordo de PLR com metas dentro da realidade num ano de crise mundial, política e financeira da empresa citada pela própria gestão.

6 – Infelizmente, as metas utópicas apresentadas pela Innova e o resultado parcial de junho mostram que dificilmente os trabalhadores receberão PLR  em 2019.  Então de onde virão os valores para premiação do Programa?

7 – A Innova, contrariando uma posição unânime dos trabalhadores ouvidos no transbordo de turno, reiterou que estava deslocando o relógio de ponto para a sala de controle para “melhorar a troca de turno”. Uma empresa que deseja mudar sua gestão de pessoas não pode de forma autocrática desrespeitar o que foi definido de modo democrático pelos trabalhadores e se realmente deseja uma troca de turno eficiente e segura que pague o que exceder dos 10 minutos diários.

O sindipolo está verificando a legalidade ou não desta medida.