> PLR NA INNOVA: FATO PREOCUPANTE | Sindipolo

PLR NA INNOVA: FATO PREOCUPANTE

PUBLICADO:

Já estamos em meados de abril e até agora os trabalhadores não tiveram notíciais oficiais sobre o pagamento da sua PLR 2014. Um documento (o parece P A R E C E R/PGFN/CAS/Nº  317/2014, do Ministério da Fazenda) talvez explique esta situação. No documento, é informado que os acionistas, que têm direito a dividendos de 25% obrigatório por lei (R$ 22 milhões), receberam mais dividendo adicional de 75% do lucro líquido do exercício (R$ 68 milhões) – Veja no gráfico abaixo.

No documento é esclarecido que “11. Além dopagamento do dividendo mínimo obrigatório, a empresa propõe pagamento de dividendo adicional de 75% do lucro líquido do exercício, perfazendo o total de R$ 68  milhões. Esse montante é compatível com o saldo de caixa pré-existente e com o fluxo de caixa operacional, que supera as necessidades de investimento da empresa. Destaca-se que o adicional foi registrado equivocadamente em rubrica intitulada “registro de lucro a distribuir”, como ficou explicitado no e-mail do dia 10.03.04. Para o próximo exercício, sugere-se nomear essa rubrica como “dividendo adicional proposto.”

Ou seja, para os acionistas, sobra dinheiro para pagar até acima do que determina a lei. Já para os trabalhadores sobra a preocupação de quando e se vão receber a sua PLR. Independente de quem esteja controlando a empresa, a questão do trabalhador nao pode ser secundarizada, pois é ele quem está dentro da empresa garantindo a produção. Portanto, o pagamento de PLR a eles, deve ser prioridade.