> PLR DA BOREALIS | Sindipolo

PLR DA BOREALIS

PUBLICADO:

Na reunião do dia 28/3, a empresa apresentou proposta de acordo para PLR de 2012. A principal alteração foi na fórmula de cálculo que passa a excluir a parcela fixa de dois salários no caso de lucro. Compensando esta retirada, há um aumento no valor a ser pago no caso de atingimento da meta e no valor máximo a ser pago que passa de 3,2 salários para 4,41 salários.

A Borealis pagará 3,15 salários de PLR referente a 2011. Se fosse aplicada a fórmula da proposta atual, esta seria de 4,2 salários o que significa, em tese, que a nova fórmula pode ser mais favorável.

Acidentes não devem impactar no cálculo

O sindicato não tem assinado os últimos acordos e o principal motivo é a incidência dos acidentes do trabalho no cálculo. É uma questão de princípio e como tal, vale para qualquer empresa, independe do peso que os acidentes tenham no cálculo e vale, mesmo que ocasionalmente tal regra esteja favorecendo economicamente os trabalhadores.

Estar a quase sete anos sem acidentes é sem dúvida louvável, mas presumimos que isto seja fruto da consciência e condições de trabalho e não de uma cláusula em acordo de PLR.

Aplicada em outras empresas esta cláusula teria certamente o efeito de sonegação de informações sobre acidentes o que é altamente prejudicial tanto para a prevenção dos acidentes quanto a própria saúde do trabalhador.  Para tratar da PLR da Borealis, uma nova reunião está marcada para terça-feira, dia 03/04/2012.

111111111111