> PLR ARLANXEO | Sindipolo

PLR ARLANXEO

PUBLICADO:

No dia 18 de maio ocorreram reuniões de PLR nas unidades da Arlanxeo no país, inclusive aqui em Triunfo, nas unidades HPE e TSR. A proposta da empresa traz algumas alterações com relação a do ano passado. As modificações se deram não só na questão da meta em si, que naturalmente foi elevada segundo critérios que devem estar bem claros para a empresa, mas nem tanto para os trabalhadores.

A meta em EBITDA foi elevada em 14% e os per­centuais mínimos e máxi­mos para pagamento de PLR foram alterados. No ano passado a empresa pagaria a partir do atingimento de 80% (1,1 salários) e com o pagamento máximo de 3,3 salários ao atingir 120%. A proposta deste ano prevê pagamento a partir de 90% (1,1 salários) e pagamento máximo de 3,85 salários, se atingidos 130% do EBITDA.

As mesmas dificulda­des na negociação dos anos anteriores se verificam na atual. Sete comissões para discutir um mesmo acordo e proposta. Há dificuldades de comunicação entre as co­missões de forma a se poder construir um contraproposta única. As bases para se fazer uma contraproposta tam­bém estão dificultadas pela inacessibilidade às informa­ções que seriam necessárias.

Ao mesmo tempo a em­presa condiciona para a ne­cessidade de assinatura de todas as partes envolvidas, como se a intransigência na forma de conduzir fosse dos sindicatos, que não assinam, e não dela que não negocia de fato. Mesmo com todas as dificuldades impostas pela em­presa, estaremos criando uma contraproposta que, na medida do possível, seja única em todas as comissões. As próximas reu­niões estão marcadas para o iní­cio do mês de junho.

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD