> PETROQUÍMICOS REALIZAM PARALISAÇÃO EM 01/11. | Sindipolo

PETROQUÍMICOS REALIZAM PARALISAÇÃO EM 01/11.

PUBLICADO:

Os trabalhadores petroquímicos do RS paralisaram as atividades durante toda amanhã desta terça, 1º/11. A atividade foi uma reação dos trabalhadores contra  as propostas de 7,8% e 8% apresentadas pelas empresas do Pólo na negociação salarial da categoria. Esta é a terceira manifestação em dez dias. A atividade aconteceu no recuo de um posto de combustível.

Na paralisação, que iniciou às 7h e se estendeu até às 12h participaram os trabalhadores do horário administrativo (das 8h às 17h) e os turneiros do grupo que entrava às 8h nas empresas.  Cerca de 1.500 trabalhadores chegam no Polo no turno das 8h, sendo que destes, aproximadamente 90% participaram da paralisação.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Petroquímicas de Triunfo/RS (Sindipolo), Carlos Eitor Rodrigues, a proposta apresentada pelas empresas foi considerada, pela categoria, uma provocação e uma afronta, já que  8%  já havia sido apresentado e rejeitado na Bahia e Alagoas. Acerca de 30 dias, além disso, disse, não avançaram praticamente nada em relação a de 7,8% apresentada anteriormente.

No final da paralisação, os trabalhadores deliberaram pela rejeição na mesa de negociação caso a proposta apresentada na reunião prevista para quinta-feira, dia 3/11, não seja superior a 9% será reiterada  a atual proposta dos trabalhadores. Neste caso as manifestações e parlisações serão intensificadas. Os trabalhadores buscam 13,6% de reajuste salarial, extensão de todas as cláusulas do atual acordo a todos os trabalhadores do Polo, auxílo-educação de R$ 1.500,00, abono de férias de 1,33 salários, licença-maternidade de seis meses, entre outras reivindicações

111111111111