> PAGAMENTO DO PRÊMIO DE PARADA | Sindipolo

PAGAMENTO DO PRÊMIO DE PARADA

PUBLICADO:

Dia 8/12 foi realizada  reunião do Sindiconstrupolo com as empresas que prestaram serviços na Parada de Manutenção da UNIB/Olefinas 2. Estavam presente ainda a Braskem e o Sindipolo, convidado pelo Sindiconstrupolo.

No encontro foram apresentados os resultados de metas relativas ao Prêmio de Parada acordado entre as Empresas que prestaram serviços  na Parada com o Sindiconstrupolo e o Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas.

Os demais terceirizados, que não são representados por estes dois sindicatos, mas atuaram na Parada Geral da UNIB ou das outras Paradas da Braskem nas unidades de polímeros, também serão beneficiados com esta conquista. Isto porque deste o início das tratativas deste Acordo, os sindicatos se colocaram na representação de todos os envolvidos na Parada. Como o caso dos trabalhadores da Rohr que mesmo não sendo  representados pelo Sindiconstrupolo, na negociação foi assegurado a eles o prêmio de Parada. Assim como os da Amara Brasil, que receberão o prêmio de 180 horas. A exceção foi o pesoal da Teadit, que receberão 165 horas/prêmio.

Área de Serviço

Os trabalhadores ligado a área de Serviço da Braskem, também receberão Prêmios de Parada. Neste caso, não será em número de horas, mas em dinheiro, definido antes do início da Parada.

Os sindicatos colocaram para as empresas a preocupação com o cumprimento do acordado com os trabalhadores desta área. As empresas Puras, Predial, GPS, DEMAN, Turis Silva, Viação Montenegro, Elan, entre outras, que tiveram seus trabalhadores envolvidos na Parada, o que foi determinante para o bom anda-mento dos trabalhos. Portanto estas pessoas também têm direito ao Prêmio de Parada. A área de serviço deve garantir que este direito seja assegurado.

111111111111