> OXITENO: NEGOCIAÇÃO DO ACORDO DE TURNO 2019/2021 | Sindipolo

OXITENO: NEGOCIAÇÃO DO ACORDO DE TURNO 2019/2021

PUBLICADO:

Como havíamos informado, já encaminhamos à empresa a pauta de reivindicações dos trabalhadores da Oxiteno para o Acordo de Turno, referente a 2019/2021. Está prevista uma reunião com a empresa no dia 28 de junho, quando, provavelmente, será apresentada uma proposta de Acordo. Se isso ocorrer, estaremos realizando assembleias, nas semanas de 7 a 13 de julho, para apreciação do que venha a ser proposto.

 

A seguir, reiteramos as CLÁUSULAS COM AS PRINCIPAIS DEMANDAS DOS TRABALHADORES DE TURNO DA OXITENO PARA O ACORDO DO PERÍODO 2019/2021:

LIBERAÇÃO PARA EXAMES PERIÓDICOS – A empresa OXITENO se compromete a liberar os empregados em regime de turno, durante o horário dos turnos das 7 (sete) horas às 15 horas ou das 15 horas até as 23 horas, pelo tempo que for necessário para que o trabalhador proceda seus exames médicos e laboratoriais, previstos no programa de saúde ocupacional da empresa.

Parágrafo único – Fica estabelecido que as liberações para exames referidas no “caput” não poderão coincidir com os horários de descanso obrigatório do empregado, quais sejam os intervalos entre um turno e outro, assim como dias destinados a folgas dos empregados em regime de turno.

DAS PERMUTAS DE TURNO – A empresa OXITENO permitirá que o empregado efetue até 08 (oito) permutas de turno a cada mês, para atender interesses ou necessidades do mesmo, desde que, além da solução e sem ônus à empresa de outras dificuldades advindas dessas permutas, o empregado assuma a responsabilidade de suprir a cobertura de sua vaga na escala em que esteja faltante. O atendimento de solicitação em número superior ao previsto nesta cláusula ficará a critério da empresa.

PERÍODOS DE FÉRIAS – A empresa OXITENO permitirá que as férias dos seus empregados que trabalham em Turno Ininterrupto de Revezamento possam ocorrer em quaisquer dias, sem qualquer restrição, inclusive, considerando que eventualmente ocorram, nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro de cada ano.