> Negociação só avança com mobilização da categoria | Sindipolo

Negociação só avança com mobilização da categoria

PUBLICADO:

No dia 23, o Sindicato fez uma panfleteação “ampliada” dos EM DIA, para o pessoal do ADM, utilizando carro de som, alertando para a necessidade de uma reação forte da categoria, para forçar as empresas a avançarem em sua proposta.

Reiteramos que o índice de 7,7% foi rejeitado por 75% da categoria. Foi aprovada uma contra-proposta de 10% de reajuste; R$ 1.100,00 de auxílio-educação e licença-maternidade de seis meses.

As empresas se mantêm intransigentes, sustentando sua proposta de 7,7%. Mas a categoria vai reagir fortemente contra esta posição. Sabe que o setor petroquímico está em pleno crescimento, podendo chegar a mais de 10% em 2010. Muitas categorias têm fechado com índices de reajuste superiores aos que estão sendo apresentados aqui. Assim, temos que garantir, através de manifestações e mobilizações, uma melhoria da proposta. Colocar os 7,7% rejeitados na folha, é um desrespeito a categoria e a negociação.

No RJ, na BA e em AL, “coincidentemente”, onde está a Braskem, as negociações com DB Setembro também estão emperradas, com propostas de reajuste de 7% (BA e AL) e 7,27% (RJ).  Temos que estar preparados para, a qualquer momento, reagir coletivamente, como já vem sendo feito em outros estados.

111111111111