> Negociação Salarial 2011 | Sindipolo

Negociação Salarial 2011

PUBLICADO:

Entregamos a pauta para a negociação deste ano no dia 2/9. No encontro deixamos claro a necessidade de iniciarmos, de imediato, o processo.  A pauta tem uma série de novos itens para apresentarmos.

O objetivo é, ainda, agilizar a negociação em função da parada da Braskem, que inicia dia 26/10.

Desde a entrega da pauta passaram mais de 20 dias e até o momento não houve qualquer manifestação das empresas.

Negociação é prioridade

O que chama a atenção no comportamento das empresas é que, mesmo antes de “abrir” as negociações, parece que já há um descaso com o processo. Isto está preocupando e revoltando os trabalhadores. Os últimos dois processos de negociação levaram mais de seis meses. O de 2010 ainda continua em aberto.

Tanto que na composição do reajuste salarial de 13,35%, está o INPC do período, mais 5% de aumento real e, ainda, 1,3% correspondente ao que ficou em aberto em 2010.

Não da mais para ficarmos esperando que as em presas “arrumem” um tempo para tratar da negociação. Isto, neste momento, deve ser a prioridade.

É necessário o início imediato da negociação.

 

TÓPICOS DA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES

Manutenção de todas as conquistas do atual acordo;

Extensão de todo o acordo à toda a categoria;

Vigência do acordo por um ano;

Data-base 1º de setembro;

REAJUSTE SALARIAL DE 13,35% (INPC + 5% + 1,3%)

Abono de férias de um salário + 1/3 de lei;

Licença-maternidade de seis meses;

Auxílio educação de R$ 1.500,00 por semestre;

Todas horas extra a 120%;

Total Hora Mês (THM) de 200 horas;

Novo plano de saúde Braskem;

Aposentadoria especial;

Indenização aos demitidos com mais de 45 anos;

Registro do ponto com relógios nas Portarias;

Estabilidade e garantias no emprego;

Melhorias na segurança.