> Negociação Plasc Embalagens | Sindipolo

Negociação Plasc Embalagens

PUBLICADO:

Assembléias com os trabalhadores no sábado, dia 28 de agosto, às 9 horas, no Sindicato dos Químicos de Montenegro. Estão todos convocados.

Os trabalhadores da PLASC Embalagens têm um Acordo Coletivo, assinado pela Confederação dos Químicos do RS, com data-base em 1º de setembro. Agora, por vontade da categoria e assegurado na Justiça, o Sindipolo passou a ser o seu representante.

Estamos para iniciar a primeira negociação através do Sindipolo. Por isso, convocamos os trabalhadores da PLASC para uma assembléia, a ser realizada no sábado, dia 28 de agosto, às 9 horas, no Sindicato dos Químicos de Montenegro (Rua Fernando Ferrari, 1132, centro, próximo ao Taninão).

É importante a participação de todos na assembléia. Esta é a primeira negociação onde terão condições de participar. Até então o Acordo era fechado através da Federação, sem a participação da categoria.

Definição da data-base

Temos que definir a manutenção ou não da data-base (DB) em 1º de setembro, ou se levamos para 1º de outubro, onde estão mais de 95% dos trabalhadores do Polo Petroquímico. Além disso, discutir a manutenção das cláusulas contempladas no atual Acordo e buscar avanços. Também, vamos definir um índice de reajuste salarial, que  além de assegurar a correção do salário pela inflação, garanta aumento real.

Reajuste satisfatório

Nas negociações que o Sindipolo tem com as demais empresas do Polo Petroquímico, os reajustes salariais tem sido de cerca de 150% do INPC. Por exemplo, com uma inflação de 5%, o reajuste salarial fica em 7,5%.

Na negociação com a PLASC também temos que discutir questões relativas a PLR (Participação nos Lucros ou Resultados), temas referentes a saúde e segurança dos trabalhadores, condições de trabalho, assistência médica e uma série de outros pontos para atender as necessidades dos trabalhadores.

Aprovação da pauta

Na assembléia, vamos discutir e aprovar uma pauta de reivindicações que será apresentada à empresa para abertura das negociações. É importante que a categoria participe maciçamente da assembléia, assim como de todo o processo de negociação, como reuniões, assembléias e outras atividades. Esta participação é que vai dar o respaldo e o apoio necessário para que o Sindipolo consiga um bom reajuste salarial, assim como importantes avanços no Acordo Coletivo.

O engajamento e a presença de todos é que vai assegurar um bom acordo. PARTICIPE!