> NEGOCIAÇÃO ACORDO GERAL: INDICATIVO DE REUNIÃO NA PRÓXIMA SEMANA | Sindipolo

NEGOCIAÇÃO ACORDO GERAL: INDICATIVO DE REUNIÃO NA PRÓXIMA SEMANA

PUBLICADO:

A pauta de reivindicações, aprovada pela categoria em assembleias realizadas no final de agosto início de setembro, foi entregue ao sindicato pa­tronal (Sindiquim) no dia 14/9.

A categoria tem se mos­trado ansiosa e questionado o Sindicato por que as reuni­ões de negociação ainda não estão acontecendo. Nossa ex­pectativa era de que a partir da entrega da pauta no dia 14, ao menos uma reunião de negociações ocorresse em se­tembro, o que não aconteceu.

Temos indicativo da pri­meira reunião da negociação propriamente dita para a se­mana que vem.

Continuamos acom­panhando as negociações em nível nacional, como na Bahia e também de outras categorias (página 3).

BAHIA – Agendada reu­nião para terça (27). No últi­mo encontro, dia 15/9, não houve avanços e o sindicato patronal sequer sinalizou com reajustes para o auxílio educação, auxílio creche e auxílio para os pais com fi­lhos com deficiência.
Principais reivindicações

– data-base 1º de setembro (CLÁUSULA 1ª);

– manutenção das conquistas do atual Acordo com avanços em algumas questões (CLÁUSULA 3ª);

– reajuste salarial de 14,62% sem escalonamento, compos­to pelo INPC dos últimos 12 meses (DB Setembro 9,62%) + 5% de aumento real (CLÁUSULA 5ª);

– pagamento de todas as horas extras e multa nos casos de não pagamento (CLÁUSULA 9ª, § 2º);

– abono de férias de um salário bruto + 1/3 estabelecido em

lei (CLÁUSULA 12ª);

– licença-paternidade de 20 dias (CLÁUSULA 13ª);

– auxílio educação de R$ 4.500,00 para os trabalhadores de todas as empresas, além de instituições de ensino, também para curso de idiomas (CLÁUSULA 15ª);

– seguro aposentando de 60 meses (CLÁUSULA 16ª, § 3º);

– quatro folgas individuas a critério de cada trabalhador (CLÁUSULA 36ª, § 2º);

– vale alimentação mensal de R$ 390,00 (CLÁUSULA 40ª);

– reajustes do valor da participação do trabalhador no Pla­no de Saúde de, no máximo, o percentual do reajuste sala­rial da categoria (CLÁUSULA 44ª, § 1º);

– não haverá discriminação por questão de gênero (para os trabalhadores e as trabalhadoras) em relação a todas as conquistas do Acordo Coletivo (CLÁUSULA 53ª).

 

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD