> NA LANXESS, SEMPRE É TEMPO DE NEGOCIAR? | Sindipolo

NA LANXESS, SEMPRE É TEMPO DE NEGOCIAR?

PUBLICADO:

No dia 30 de março, um dia após recebermos solicitação de reunião com a empresa, nos fizemos presentes e recebemos proposta para tratar da questão das horas extras. Sem entrar no mérito da proposta que passará por uma análise jurídica, desde já algumas observações precisam ser feitas.

Uma primeira consideração é quanto à disposição de negociar. Diferentemente da postura da empresa na negociação do acordo de 2010, onde esta ignorava a negociação e o SINDIQUIM como intermediador, o sindicato manteve a coerência e se fez presente para negociar. O que se estranha é que a proposta é apenas para a “LANXESS DSM” que tal qual a “LANXESS Petroflex” tem um acordo em vigência.  Não há, portanto motivo para se apresentar a uma e não contemplar a outra. Se há interesse da empresa em tratar esta questão na  LANXESS DSM e se a normatização for de interesse dos trabalhadores por que não seria na LANXESS Petroflex?

Para o Sindipolo, esta questão das horas extras sempre foi difícil de tratar, mas podemos antecipar que o fato de haver a compensação de uma hora extra em dobro para tirar folga é positivo. Esta sempre foi uma das nossas reivindicações, mas como já foi dito o conjunto da proposta ainda passará por avaliação. O que não é justo é tratar os trabalhadores de uma mesma empresa de forma desigual.