> MEDIDAS UNILATERAIS DA VIDEOLAR-INNOVA | Sindipolo

MEDIDAS UNILATERAIS DA VIDEOLAR-INNOVA

PUBLICADO:

Alguns acontecimentos vêm chamando atenção na Videolar Innova. No final do ano passado deixou de pagar, sem maiores explicações, verba intitulada como “adicional de 13º”. Mais recentemente anunciou que a partir de maio de 2016 vai alterar as datas do adianta­mento e pagamento para os dias 15 e 30 de cada mês, passando a adiantar 40%. Em ambos os eventos não está correta a conduta da empresa, pois toma medidas unilateralmente sem o devido diálogo e negociação com os trabalhadores através de sua representação.

No caso das datas de pagamento, mesmo que haja justificativas para alterá-las, é preciso aferir se estas convêm aos trabalhadores pois interferem nas suas pro­gramações de pagamentos de contas, e trazem outras consequências.

Havendo vontade por parte da empresa de alterar cláusulas e práticas com os seus trabalhadores há ou­tros assuntos que poderiam ser objeto de avanços como, por exemplo, o auxílio educação, aumento do abono de férias ou quem sabe o plano de cargos e salários?

O SINDIPOLO está cobrando da empresa esclarecimen­tos sobre as referidas questões. A VIDEOLAR INNOVA que vinha afirmando que “não haveriam mudanças” parece es­tar praticando o contrário. O fechamento de escritório em Porto Alegre, as 29 demissões ocorridas até março de 2016 e as já referidas alterações unilaterais comprovam isso.

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD