MEDIDAS PREVENTIVAS AINDA PRECISAM SER APLICADAS NO LOCAL DE TRABALHO CONTRA O CORONAVÍRUS

PUBLICADO:

O SINDIPOLO esteve reunido na manhã de hoje, 27/03/2020, com o Sindiquim (Sindicato Patronal) que representa as empresas petroquímicas do Polo. Foram repassados procedimentos já acertados com as empresas que ainda não estão sendo eficientemente aplicados. Há empresas que demonstram através de suas ações uma preocupação maior com a saúde dos trabalhadores, enquanto outras nem tanto. Só com um ambiente realmente seguro contra o CORONAVÍRUS, poderemos dar a devida tranquilidade para os trabalhadores continuarem operando as plantas petroquímicas e sendo assim esperamos que alguns pontos abaixo sejam repensados e outros sejam executados:

TRANSPORTE:

– As empresas estão trocando os MICROÔNIBUS de 19 lugares para 27. Isso, segundo as empresas é para atender o Decreto Estadual/Municipal. Esta medida está prejudicando a condição ergonômica dos turneiros, gerando mais do que desconforto, resultando em uma precarização nos deslocamentos. As empresas já tinham tomado ações melhores que está no início desta semana, mas agora estão conseguindo piorar a condição.

– Empresa UNIÃO GAÚCHA de transportes, continua realizando transportes dos trabalhadores com lotação acima de 50% da capacidade.

– Deslocamentos internos dentro das áreas e externo entre as unidades devem respeitar os 50% da capacidade do veículo.

– MOTORISTAS acima do 60 anos devem ser preservados em relação a suas exposições ao vírus.

– Solicitado para que as empresas coloquem AVISOS nas portas de acesso dos transportes que a lotação máxima permitida do veículo é só de 50% da capacidade.

– Permitir o acesso dos motoristas dos ônibus/microônibus/ vans aos banheiros.

– HIGIENIZAÇÃO dos ônibus ainda há a necessidade de implementação desse imprescindível procedimento sanitário, para evitar a proliferação do vírus, em alguns ônibus que transportam trabalhadores terceirizados.

– Empresas relataram que começaram a fazer “SANITIZAÇÃO” de alguns locais como portarias.

HIGIENIZAÇÃO e LIMPEZA

– Solicitado novamente que sejam reforçadas as EQUIPES DE HIGIENIZAÇÃO nas áreas. Os vestiários, banheiros e salas operacionais estão necessitando uma rotina maior. Aos fins de semana fica mais crítico ainda a falta de higienização. O pedido de reforçar as equipes não pode ser para sobrecarregar as atuais, e sim de ter mais pessoas nas equipes. Assim também preservando as próprias equipes.

OBRAS e PARADAS
– Solicitado novamente para que as empresas Arlanxeo TSR e Innova interrompam suas OBRAS e dispense os seus trabalhadores. Não há necessidade de tocar estas obras neste período de grande avanço do covid19 na Brasil. Não são serviços essenciais para garantia de alimentos, remédios e equipamentos hospitalares.

– Paradas programadas que vêm ocorrendo na Braskem não tem a necessidade de ocorrer neste momento, assim como já foi feito em adiar algumas paradas que não têm como motivo a segurança das pessoas e do processo, tem que ser feito também na PE5 e PP2.

– PARADAS do Eteno Verde e PE4 foram postergadas.

– Na ÁREA 98, Terminal Santa Clara da Braskem, a reparação do Píer após o acidente com o navio vem ocorrendo. Segundo a empresa é necessário para escoamento de produtos. Foi solicitado severidade no controle e distribuição dos trabalhadores, condições sanitárias, de refeitórios e deslocamento destes. Empresa irá verificar e dar retorno.

MANUTENÇÃO nas ÁREAS
– Várias áreas estão LIBERANDO FRENTES DE TRABALHO (PTs) normalmente como se nada ou muito pouco es????vesse ocorrendo no RS/Brasil/Mundo. Não estão agindo como foi tratado. Serviços que não são emergenciais como pinturas, isolamentos, andaimes, manutenções preventivas entre outros. Novamente foi reforçado às empresas que tenham uma presença máxima 50% de trabalhadores nas áreas, salvo emergências operacionais. Não é isso que está ocorrendo, não foi isso o acertado na reunião anterior com o Sindiquim.

SAÚDE dos TRABALHADORES
– Sobre a antecipação da VACINA da gripe Influenza (gripe normal) a todos os trabalhadores do Polo. Empresas já compraram as vacinas, estão buscando antecipar a chegada das vacinas. A previsão é iniciar na semana do dia 6/4. Mas seguem tentando aplicar as vacina ainda antes desta data.

– Reiterado a necessidade de reforçar as EQUIPES DE SAÚDE do Polo Petroquímico para melhorar a atenção ao estado físico e psicológico dos trabalhadores.

TESTES DO CORONAVÍRUS
– Solicitado que as empresas adquiram estes testes para aplicar aos trabalhadores nos casos que se identifiquem sintomas do vírus.

– MONITORAMENTO da temperatura corporal maioria das empresas Contratantes já está aplicando este monitoramento preventivo e necessário. Precisamos que todas tenham esta boa prática, sem restrições e descriminações aos trabalhadores terceirizados.

– Solicitado às empresas que possam orientar seus médicos do trabalho, dentro dos princípios profissionais, para prescreverem RECEITAS de medicamento de uso continuo aos funcionários que assim necessitarem, visto que clínicas e consultórios estão com limitações de horários.

Trabalhadores do Polo Petroquímicos, as rotinas de trabalho se alteraram rapidamente, em decorrência desta pandemia do CORONAVÍRUS. Precisamos estar todos firmes aos procedimentos emergências que ora estão sendo aplicados. Precisamos respeitar

estes procedimentos para o nosso bem e o bem do próximo, e assim, evitando que este mal chegue a nossas casas. Se sentirem sintomas deste COVID19 ou mesmo de uma GRIPE, não relute e se estiver no local de trabalho procure imediatamente o setor de saúde de suas empresas ou um responsável da empresa. Sem sua SAÚDE, nenhum empregador lhe dará emprego!

Por isso, estamos tratando com as empresas para manter o menor número possível de trabalhadores nas áreas essenciais do Polo. Os demais têm que FICAR em CASA. Sem prejuízo do seu emprego e de seu salário. Das empresas, precisamos rapidez nas soluções de prevenção ao CORONAVÍRUS!




DESENVOLVIMENTO BY
KOD