MANIFESTAÇÃO DOS PETROQUÍMICOS

PUBLICADO:

Os trabalhadores realizaram, dia 21/10, uma manifestação  que durou cerca de quatro horas. A categoria protestou contra a atitude das empresas, que apresentaram uma proposta rebaixada de 7,8%, inferior aos 8% já rejeitados na BA e AL.

Durante a manifestação, os trabalhadores reafirmaram a proposta de 13,6% de reajuste salarial,  extensão de todas as cláusulas do  Acordo a toda a categoria. Além disto,abono de férias de 1,33 salários, auxílio-educação de R$ 1.500,00, licença-maternidade de seis  meses, um salário ao demitido com mais de 45 anos,  entre outros itens.

Reafirmando a proposta

Em assembleia realizada durante a manifestação, os trabalhadores, além de reafirmaram a proposta, também deliberaram por intensificar as mobilizações, caso as empresas não marcassem reunião até quarta-feira, dia 26/10, apresentando uma proposta com avanços.

Diversas lideranças sindicais participaram da atividade em apoio a luta dos petroquímicos.

 

Reunião na quarta, dia 26

Na segunda-feira, 24, pela manhã, as empresas agendaram uma reunião de negociação para quarta-feira, dia 26/10. Neste encontro a expectativa é que elas venham com avanços efetivos, para atender as nossas reivindicações.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD