> LANXESS VENDERÁ SEUS 50% PARA SAUDI ARAMCO | Sindipolo

LANXESS VENDERÁ SEUS 50% PARA SAUDI ARAMCO

PUBLICADO:

A alemã Lanxess anunciou, na semana passada, que está vendendo sua participação de 50% na Arlanxeo para a saudita Saudi Aramco. As partes esperam consolidar a transação até o final de 2018.  A empresa, considerando a parte da Lanxess e a da Saudi Aramco, está avaliada em US $ 3,48 bilhões e o grupo alemão espera receber aproximadamente US $ 1,63 bilhão em dinheiro, após deduzir dívidas e outros passivos financeiros por sua participação de 50%.

Com sede em Maastricht/Holanda, a Arlanxeo, que produz borracha de alta performance, teve vendas de cerca de US $ 3,72 bilhões em 2017 e emprega algo em torno de 3.800 pessoas, em 20 unidades de produção, em nove países.

A Saudi Aramco é uma empresa petrolífera estatal do Reino da Arábia Saudita e maior exportadora mundial de petróleo bruto e líquidos de gás natural.

E OS TRABALHADORES?

Neste caso, como na situação da venda da Braskem, entre os trabalhadores fica a preocupação do que será o futuro com a gestão da Saudi Aramco.

A da Arlanxeo, até então, tinha como referência o modelo de gestão alemão. E agora, o que se pode esperar da gestão árabe?  Estamos atentos em relação a manutenção dos empregos, condições de trabalho e dos direitos dos trabalhadores e vamos lutar para que esta mudança do controle da Arlanxeo não resulte em prejuízos aos trabalhadores.

.

 

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD