> INFORMAÇÕES SOBRE SITUAÇÃO DO PLANO PETROS | Sindipolo

INFORMAÇÕES SOBRE SITUAÇÃO DO PLANO PETROS

PUBLICADO:

O auditório do SINDI-POLO lotou com cerca de 300 pessoas, dia 31 de outubro, para o encontro sobre as ações do Sindicato relativas ao Plano Petros.

No primeiro momento, a direção do Sindicato falou sobre as iniciativas tomadas pela entidade em nome dos participantes do Plano (pessoal da ativa, da ativa aposentados pelo INSS, assistidos e pensionistas) e fez um relato sobre a situação das ações.

A entidade reiterou que todas as ações tomadas, jurídica ou não, visam defender os interesses de todos os participantes do Plano, tanto da ativa quanto aposentados, sem qualquer discriminação.

Também foram prestadas informações sobre a homologação da retirada de patrocínio. Neste caso, o pagamento das complementações de aposentadoria para os assistidos e pensionistas,  fica exatamente como está, até o momento em que o participante fizer a opção sobre o destino do seu Fundo Individual de Retirada.

Foi informado que, a exemplo do que está acontecendo com a retirada do Plano na PQU, no caso do Petros/Copesul, a Petros aguarda resposta à consulta feita a PREVIC, relacionadas a questões técnicas e normativas a cerca da ações necessárias para dar liquidez nas aplicações do patrimônio do Plano,  para, no menor prazo possível, encaminhar aos participantes o Termo de Opção para o destino do seu Fundo Individual de Retirada. Neste caso, a situação das complementações de aposentadorias e pensões ficam como estão.

Esclarecimentos jurídicos

Após, foi a vez da assessoria jurídica do Sindicato que entrou com as ações informar o andamento das mesmas, bem como as expectativas em relação as mesmas. Os participantes também foram alertados sobre algumas situações em relação aos fundos e orientados sobre a melhor atitude a ser tomada. Entre elas, foi destacado o assédio que vem sendo feito por alguns bancos, inclusive públicos, em relação ao Fundo Individual de Retirada dos participantes. Além disto, foi destacado e informado o “cerco” de alguns escritórios de advocacia que têm apresentado alternativas “milagrosas”, com alto custo para os autores. Muitas destas ações se valem da desinformação, dúvidas e desespero dos participantes. Neste caso, foi destacado que as ações do SINDIPOLO, via de regra, abrangem todos participantes do Plano Petros/Copesul. A exceção fica para aquelas pessoas que conscientemente, inclusive quanto aos honorários, optem por ações individuais.

Além das informações prestadas, houve espaço para que os presentes a reunião pudessem colocar suas angústias e dúvidas a respeito da questão, com os respectivos esclarecimentos.

O SINDIPOLO continuará acompanhando e defendendo os interesses dos participantes. Sempre que houver necessidade, chamará os participantes para novos encontros, com objetivo de manter todos a par do andamento das  iniciativas tomadas pela entidade, inclusive aquelas definidas pelos participantes.

111111111111