INCÊNDIO NA PP1

PUBLICADO:

Na noite do dia 17/03, às 19h48, ocorreu um  incêndio na bomba P301A localizada na área da PP1 planta Bulk 2 na Braskem. Segundo dados prelimina­res, o grave evento acidentário foi uma bomba que apresentou problema no selo, apesar de aparentar funcionamento em condições operacionais.

VIAGEM COM ESTEPE FURADO

Esta ocorrência aponta para uma similarida­de com a ocorrida em novembro/2013 na PP2/PE5. Um fato relevante que tem que ser conside­rado é que, também neste caso, a bomba reserva apresentava problema. Ela encontrava-se indispo­nível, segundo relatos, com um problema de refri­geração no pote de selagem.

O SINDIPOLO tem mantido uma luta constante contra os baixos efetivos de turno, especificamente para a retomada de Técnicos de Segurança, tam­bém em turno. Por mais que os trabalhadores que atuaram no combate ao incêndio tenham alcan­çado sucesso mais uma vez no combate da emer­gência, ressalvamos que uma empresa com risco operacional elevado, não pode prescindir de pro­fissionais específicos para esses graves momentos e muito menos considerar que uma bomba reserva não necessite estar 100% pronta para operar.

Em que pese o comunicado oficial enviado pela empresa, em cumprimento à legislação vi­gente, esta não contemplou algumas medidas que foram tomadas na ocasião, como por exemplo, a retirada preventiva de trabalhadores do local e de algumas áreas adjacentes.

O SINDIPOLO tem solicitado à Braskem a par­ticipação nas investigações de acidentes, mas sis­tematicamente a empresa nega. Já formalizamos junto à SRTE-RS uma fiscalização na área do incên­dio, assim como uma reunião com a empresa para tratar do ocorrido.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD