> EMPRESAS CONTINUAM INTRANSIGENTES | Sindipolo

EMPRESAS CONTINUAM INTRANSIGENTES

PUBLICADO:

Na semana passada, fizemos contato com o SINDIQUIM na perspectiva de retomar o debate sobre a negociação salarial 2014. O objetivo era garantir junto as empresas alguma posição diferente da última (de que sua proposta era definitiva e não havia como avançar).  Além disso, também buscávamos o fechamento da negociação, pois entendemos que uma negociação em aberto não interessa aos trabalhadores e muito menos às empresas. Nesse sentido, inclusive, o processo em aberto certamente terá reflexos na negociação deste ano, onde trataremos de todo o Acordo Coletivo.
Mesmo com nosso apelo, onde citamos as questões fundamentais do que foi aprovado pelos trabalhadores, como avanços no reajuste salarial sem escalonamento, auxílio-educação para os trabalhadores da Braskem equalizado com o que é praticado na Bahia e Alagoas e, da mesma forma, avanço no auxílio-educação para os trabalhadores das demais empresas, a posição delas foi de manter o que haviam manifestado anteriormente.

As empresas continuam intransigentes, mesmo sabendo que os trabalhadores rejeitaram sua proposta por unanimida­de, onde também aprovaram uma contraproposta que busca­va avanços.

Esta questão para nós não encerra mesmo a partir do que as empresas manifestaram. Nos próximos dias estaremos bus­cando formas junto aos trabalhadores para tentar garantir a retomada do processo onde sejam assegurados avanços e o consequente encerramento da negociação.