> EMPRESAS APRESENTAM PROPOSTA DE 0,02% E O INPC | Sindipolo

EMPRESAS APRESENTAM PROPOSTA DE 0,02% E O INPC

PUBLICADO:

Na reunião de negociação de segunda, dia 15, as empresas apresentaram 5,6% de reajuste salarial. O INPC para DB outubro foi de 5,58%. A proposta vem com apenas 0,02% de “aumento real”. O Sindicato rejeitou a proposta na mesa de negociação.

Este índice é menor que os 5,5% apresentados e rejeitados na BA e em AL. O INPC para DB setembro foi de 5,39%, ou seja, um “aumento real” de 0,11%.

Afronta

Levar uma proposta com apenas 0,02% sobre o INPC para apreciação pela cartego-ria, seria uma afronta. Nossa expectativa é que numa próxima reunião de negociação as empresas apresentem uma proposta razoável, que possa ser levada à apreciação dos trabalhadores e aí sim, se for o caso, tirar uma contra-proposta decidida pelos trabalhadores.

Além do rebaixado 5,6%, as empresas não evoluiram em outras questões, inclusive de caráter  econômico, conforme reiteramos no quadro abaixo.

Continuamos na expectativa de que outras questões além do reajuste salarial também sejam tratadas e contempladas na negociação da mesma forma como já vem sendo feito na Bahia e Alagoas. Uma nova reunião de negociação já está marcada para o dia 26.

Lembramos que as conquistas da negociação são para toda a categoria.

Situação na BA

Na Bahia, tinha reunião marcada para o dia 10/10, que foi transferida para a quarta, dia 17.  Lá também a expectativa dos trabalhadores é de que as empresas venham com avanços significativos em relação a proposta de 5,5%.

 

Nossas reivindicações

Reajuste salarial de 12%;

Piso salarial de R$ 1.500,00;

Abono de férias de 133% de um salário

Indenizar c/um salário os demitidos c/ + de 45 anos 

Auxílio-educação de R$ 325,00 por mês;

Auxílio-creche de um salário mínimo (SM);

Auxílio para filhos com deficiência de um SM

Hora Extra de 150%  e 200% ;

Seguro aposentando de 50 meses (INSS);

Tempo de viagem de, no máximo, 1h30;

Informar o Sindicato nos casos de acidentes

Participação do Sindicato e das CIPAs nas Comissões de análise dos acidentes.

111111111111