> EMERGÊNCIA OPERACIONAL NA BRASKEM | Sindipolo

EMERGÊNCIA OPERACIONAL NA BRASKEM

PUBLICADO:

Ocorreu, no dia 25 de maio, por volta das 11h, uma emergência operacio­nal na UNIB, área de Utilida­des, enquanto era realizada uma manobra na unidade de secadores que resultou num “balanço” no fornecimento de vapor. A situação “derru­bou” plantas da Olefinas, do aromáticos e teve reflexos também nas empresas/uni­dades de segunda geração. A ocorrência foi durante uma manobra numa válvula de uma tubulação de ar, de difícil acesso, que foi execu­tada com apoio de trabalho por corda.

A abrangência da ocor­rência foi tamanha, que as unidades envolvidas demo­raram a ser restabelecidas. Para atender a ocorrência e o respectivo restabele­cimento das unidades en­volvidas, foram necessárias convocações a “toque de caixa”, do pessoal de opera­ção que estava de folga.

DE NOVO A SITUAÇÃO DOS EFETIVOS

O Sindipolo vinha rela­tando a sensação de insegu­rança na Braskem devido a não recomposição de efetivo, as demissões e aposentado­rias que levou, entre outras consequências, a uma forte queda na senioridade. Infe­lizmente um efetivo mínimo tem as condições de treina­mento precarizadas. Estes avisos já estavam sendo da­dos em incidentes e aciden­tes, tanto nos trabalhadores diretos quanto nos terceiri­zados. Cabe aqui ressaltar, o recente acidente com morte na PE-08, em São Paulo.

Esta redução de custo, associada a pressão do tra­balho e a deficiência de trei­namento, poderá levar os trabalhadores da Braskem a um esgotamento mental o que, com certeza, cria um ambiente propício a inciden­tes e acidentes ampliados, que podem levar a consequ­ências catastróficas.

SINDIPOLO JÁ PEDIU REUNIÃO

Para maiores esclareci­mentos sobre o que ocorreu e também para tratar de pro­cedimentos que podem evi­tar este tipo de ocorrência, o Sindipolo está solicitando uma reunião com a Braskem. A expectativa é que este en­contros aconteça nos próxi­mos dias.

 

 

 

 

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD