> ELEIÇÃO DA COMISSÃO DE PLR 2014 – BRASKEM | Sindipolo

ELEIÇÃO DA COMISSÃO DE PLR 2014 – BRASKEM

PUBLICADO:

No dia 14/11, conforme já noticiado no EM DIA, a Comissão de PLR se reuniu na UNIB/RS onde, por parte da Empresa, foi dado como concluídas as negociações de critérios e valores para PLR de 2014. Neste ano ocorreram apenas duas reuniões para tratar do Acordo, critério e valores da PLR, uma em julho e outra em novembro. A demora entre uma e outra reunião, segundo a Braskem, se deu em decorrência da indefinição da meta econômica para o Grupo 2 que é composto pelos diretores e gerentes.

 

ELEIÇÃO 2015

A Comissão da PLR é composta por 25 trabalhadores (12 eleitos, 12 indicados pela Braskem e um representante do Sindipolo) e entre os indicados da empresa  geralmente estão alguns gerentes. Os eleitos pelo voto direto dos trabalhadores ainda NÃO têm estabilidade de emprego e este pleito vem sendo reivindicado pelos representantes do Sindipolo há várias reuniões, mas a empresa alega que não haverá perseguição às manifestações e exposições feitas por estes trabalhadores.

Porém, o que ocorrem na prática são intervenções e manifestações muito baixas dos eleitos, pois existe o temor de suas exposições não terem a concordância da gerência presente e sofrer retaliações.

Sendo assim, fica para o representante sindical ou o eleito pela CIPA fazerem os contrapontos necessários para as imposições da Braskem no que diz respeito a critérios, metas e regras da PLR.

No mês de janeiro de 2015 ocorrerá a escolha dos representantes na Comissão de PLR para o biênio 2015/2016. As datas ainda não estão consolidadas, mas terá tempo de inscrição e divulgação dos candidatos e na sequência tempo suficiente para que todos, administrativo e dos cinco grupos de turno, possam votar. A participação dos trabalhadores na escolha destes representantes demonstrará o interesse de todos pela PLR e o que temos que estar atentos é quando a chefia indica veladamente e faz campanha para aqueles que supostamente não lhe darão trabalho na Comissão.

 

REPRESENTANTE

DOS/PARA OS TRABALHADORES

Não podemos cair em armadilhas. Sabemos que os valores de PLR recebidos de 2008 para cá, posterior a dominação da Braskem no Polo, foram drasticamente reduzidos. O modelo da Odebrecht/Braskem de PLR é muito inferior nos valores econômicos e de conceitos. A média de PLR praticada no Polo, antes da Braskem, ficava em torno de QUATROremunerações, mas hoje não passa de 2,5 salários. Nossos representantes na Comissão têm o dever de lutar pela retomada destes valores, que sejam em número de remunerações e que a Comissão tenha estabilidade.

Por isso, quando for o momento de votar para representante na Comissão de PLR,  dialogue no grupo de trabalho, debata, converse com o candidato e veja suas posições e compromissos.

 

PROPOSTA APRESENTADA 2014 

O Sindipolo, na reunião de novembro, reiterou a proposta à Braskem para que o valor percentual do atingimento do PA refletisse somente no próprio PA e não, simultanea-mente, na parcela Econômica/Financeira (EBIDTA), pois sendo assim, ele penaliza duplamente a todos, uma vez que para geração do EBIDTA é preciso ter seu PA concluído, caso contrário afetará negativamente o EBITDA.