> CORREÇÃO DE 7,5% NO BENEFÍCIO DA PETROS | Sindipolo

CORREÇÃO DE 7,5% NO BENEFÍCIO DA PETROS

PUBLICADO:

Os participantes do Plano Petros, assistidos e pensionistas, têm procurado o Sindicato para informar que não receberam a correção de 7,5% da negociação salarial nas complementações de aposentadoria pagas pela Petros.

Informamos que o fechamento da negociação foi em final de novembro e as empresas fizeram o pagamento aos trabalhadores, neste caso a Braskem, na folha de pagamento de dezembro. Normalmente, a Petros paga um mês depois, a partir de informação da empresa sobre o reajuste da categoria.

A Fundação já sabe que o reajuste foi de 7,5%, mas como há uma insegurança quanto ao pagamento, o Sindicato enviou comunicado à Petros, informando sobre o questionamento do não pagamento e solicitando que a complementação seja pelo mesmo índice que reajustou o salário da categoria.