> CONTINUA A LUTA PELA REFORMA | Sindipolo

CONTINUA A LUTA PELA REFORMA

PUBLICADO:

Depois do plebiscito popular, realizado entre os dias 1º e 7 de setembro deste ano, onde mais de 500 organizações (entre elas Sindipolo e Sindiconstrupolo)  trabalharam em todo o país para arrecadar votos no Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político, continua a pressão para que a Reforma política com participação popular tenha andamento efetivo. No plebiscito, mais de 7,5 milhões disseram “sim” à convocação da consulta. O documento com o resultado foi entregue à presidente Dilma no dia 14 de outubro e também ao Senado, à Câmara Federal e ao STF.

Na última terça, dia 4, mais um movimento foi realizado nesta direção. Uma manifestação nacional foi organizada na capital paulista para  pressionar pela reforma política com participação popular. Estes movimentos, frente a postura do Congresso, que apesar do anúncio da presidência da República, está  resistente ao plebiscito, serão cada vez mais fundamentais e necessários.

 

Após as eleições, setores conservadores da sociedade vêm atacando a proposta do plebiscito. Não é de se espantar, já que deste Congresso e do próximo não sairá qualquer reforma política de fundo. Para a CUT, é hora de enfrentar os ataques do Congresso e dos setores da mídia que agem para impedir a soberania popular e a participação do povo na escolha de seu futuro.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD