> CATEGORIA REJEITA A PROPOSTA DAS EMPRESAS E APROVA CONTRAPROPOSTA DE 12,4% | Sindipolo

CATEGORIA REJEITA A PROPOSTA DAS EMPRESAS E APROVA CONTRAPROPOSTA DE 12,4%

PUBLICADO:

20151029053812CATEGORIA REJEITA A PROPOSTA DAS EMPRESAS E APROVA CONTRAPROPOSTA DE 12,4%

Os trabalhadores rejeitaram, nas assembleias, a proposta das empresas de 9,9% de reajuste salarial escalonado e aprovaram, por praticamente unani­midade, uma contraproposta de 12,4% sem escalo­namento e outras questões

 

 

Os trabalhadores das em­presas Braskem, Innova, Lan­xess HPE e Oxiteno rejeitaram, por praticamente unanimida­de, a proposta das empresas de reajuste de 9,9% para os salários escalonado até R$ 8.711,86 e para os auxílios educação, creche/acompa­nhante e dependentes com necessidades especiais.

Nas mesmas assem­bleias, após rejeitar a propos­ta das empresas, aprovaram uma contraproposta de rea­juste salarial de 12,40% SEM ESCALONAMENTO (compos­to de 9,90%/INPC + 1,77%/média dos aumentos reais desde 2009 + 0,5%/referente a 2014) e outros itens como: acordo com vigência de um ano e data-base setembro; reajuste de 14% nos auxílios educação, creche/acompa­nhante (para homens e mu­lheres) e dependentes por­tadores de deficiência; abono de férias de um salário mais 1/3 de lei (133,33% de um sa­lário); Horas Extras a 120% e multa de um salário nos casos de não pagamento, revertido para o trabalhador penaliza­do e vale alimentação de R$ 360,00.

 

INDICADORES MOSTRAM

NECESSIDADE DE AVANÇO NAS QUESTÕES ECONÔMICAS

 

Além da contraproposta sobre as questões econômicas, também foram aprovados outros itens como: combate efetivo ao assédio moral; manutenção do salá­rio integral por 36 meses para os trabalhadores afastados por doença ou acidentes; seguro aposentando de 60 meses; auxílio funeral no valor integral das despesas; comunicação imediata ao SINDIPOLO das emergências operacionais, incidente e/ou acidentes e sua participação nas análises dessas ocorrências; afastamento imediato das áreas operacionais e de qualquer potencial de risco de exposição a agentes químicos a trabalha­dora com suspeita ou confirmação de gestação; simulados de emergência no mínimo uma vez por ano com participação do Sindicato desde o planejamento; negociação do calendário de folgas compensadas anualmente com o SINDIPOLO; e várias outras reivindicações importantes para os trabalhadores que integram a pauta de reivindicações, mais a manutenção de to­das as conquistas do nosso atual ACORDO COLETIVO.

O que foi aprovado nas assembleias é para todos os tra­balhadores das empresas INNOVA, LANXESS HPE, OXITENO E BRASKEM e tem como referência o que já é praticado pela Braskem como auxílio educação e abono de férias.

 

 

POSIÇÃO CLARA DOS TRABALHADORES

A decisão dos traba­lhadores nas assembleias, tanto a rejeição da proposta das empresas (que teve 8 votos a favor entre os cin­co grupos de turno mais o ADM), como a aprovação da contraproposta, praticamente por unanimidade, com apenas dois votos contrários, deixou claro que as empresas têm que avançar nas suas propostas.

Isto se reforça com os indicadores econômicos referentes a DB novembro, que indica o que poderá ser o comportamen­to da inflação para o próximo período, assim como também já mostra que com a proposta das empresas de 9,90%(INPC) de reajuste salarial, já no primeiro mês após nossa data base (outubro), inicia com perdas. Sem contar que temos ainda que garantir importantes questões como melhoria no abono de fé­rias, auxílio educação e outras questões.

Já solicitamos às empresas reunião para informar a deci­são da categoria nas assembleias.

111111111111