> CAMPANHA SALARIAL/2011 | Sindipolo

CAMPANHA SALARIAL/2011

PUBLICADO:

Já no início do processo, temos quatro questões fundamentais a serem garantidas:  1) a manutenção do atual Acordo Coletivo; 2) a extensão de todas as cláusulas a toda a categoria; 3) a vigência de um ano; e 4) a data-base em setembro.

Estamos iniciando a negociação e já percebemos o “padrão” de tratamento que será dado pelas empresas. Entregamos a pauta há cerca de 30 dias e não há qualquer sinal de início do processo. Isto que na apresentação da pauta fomos claros sobre a necessidade de agilizar o processo. Principalmente, porque tem uma parada de manutenção prevista para final de outubro e novembro e o bom senso recomenda que já estivéssemos com a negociação adiantada.

Com toda esta demora no início se conclui que as empresas, em especial a Braskem, estão enrolando para que a negociação ocorra depois da parada. Temos uma série de itens da pauta para apresentar. Isto exigirá várias reuniões. Para dar anda-mento a negociação, não podemos depender só da boa vontade das empresas.

 

Disposição para lutar

Nesta negociação não vamos permitir o que ocorreu no ano passado. As empresas abandonaram a negociação, num total descaso com os trabalhadores.

Este ano, a partir do que já houve na Bahia, onde foi apresentada proposta de 8% para um INPC de 7,4%, está claro que as negociações poderão ser bem mais difíceis que as de anos anteriores.

Isto exigirá dos trabalhadores uma grande disposição para lutas, manifestações. Até mesmo paralisações, para garantir o que buscamos. Destacamos no quadro, os principais itens a serem garantidos. Além disso, sua extensão para toda a categoria.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD