> CAMPANHA SALARIAL 2021 | Sindipolo

CAMPANHA SALARIAL 2021

PUBLICADO:

Proposta para negociação aprovada pelas assembleias

 

No percurso destas duas últimas semanas a Categoria Petroquímica do RS analisou, debateu, propôs e, nas assembleias organizadas pelo SINDIPOLO, votou na Proposta de Negociação a ser apresentada para as Empresas/Sindicato Patronal do Polo no próximo dia 08/9.

A PROPOSTA aprovada por unanimidade pelos trabalhadores e trabalhadoras petroquímicos, nas assembleias, consiste em:

Correção dos Salários pelo índice do INPC;

– Recomposição da Perda Salarial: mais 5%

– Correção do Piso Salarial da Categoria: INPC + 5%

– Correção dos Auxílios: INPC + 5%

 – Recuperação da Massa Salarial Perdida nos 12 últimos meses: Uma Remuneração

– Cartão Alimentação/Vale Rancho: R$ 600,00.

 

DATA-BASE

A Categoria Petroquímica do RS, apesar de ser uma única, ainda permanece com duas Datas-bases. Os trabalhadores que estão na Arlanxeo ESBR/EPDM tem sua Data- -base em 1° de Setembro. Os demais trabalhadores que atuam na Braskem, Innova e Oxiteno, tem como Data-base o 1° de Outubro. A previsão de inflação para cada Data-base, segundo acompanhamento do DIEESE, seria de 9,96 % para 1° de Setembro e de 9,46 % para Data-base 1° de Outubro. Ter duas Datas-bases aqui no RS, na Categoria Petroquímica, não é a forma mais robusta para obter avanços no Acordo Coletivo de Trabalho – ACT. Estar com dois ACTs é uma imposição das empresas, principalmente a Arlanxeo e que em algum momento futuro próximo os trabalhadores terão que se organizar para estarem unidos em um mesmo Acordo sem perder Direitos. As Campanhas Salariais dos Petroquímicos a nível Nacional também já iniciaram e podem ser acompanhadas pelos respectivos sites de cada Sindicato. Os trabalhadores da Arlanxeo de Pernambuco e Duque de Caxias/RJ, que também tem suas Datas-bases em Setembro, já apresentaram suas propostas à Empresa. As demais regiões, Camaçari/BA (Braskem, Oxiteno e outras) e Duque de Caxias/RJ (Braskem e outras) têm suas Datas-bases em 1° de Setembro. Já os Petroquímicos de SP têm como Data-base 1° de Novembro. O SINDIPOLO lembra à Categoria que nesta Negociação Salarial estarão sendo debatidas somente as Cláusulas econômicas dos ACTs. E estes Acordos estão disponíveis no site do Sindicato (www.sindipolo.org.br).

 

LUCRO DAS EMPRESAS

A Proposta aprovada pela Categoria somente reestabelece o que foi perdido nestes últimos 12 meses na questão do Custo de Vida das famílias dos trabalhadores. Foram e estão sendo momentos muito difíceis para os trabalhadores diante da pandemia e da alta perda de rendimento salarial devido ao forte aumento do custo de vida para as famílias dos Trabalhadores Petroquímicos. Em contrapartida, as empresas petroquímicas do Polo/RS, Braskem, Innova e Oxiteno, estão superando em muito as suas estimativas de resultados econômicos em plena crise econômica e sanitária da Covid-19. E só estão conseguindo esses excelentes resultados porque os Trabalhadores Petroquímicos se mantiveram na ativa, se cuidando e produzindo. Caso contrário, teriam que parar a produção como ocorreu em outros setores da indústria.

 

As empresas estão com ótimas condições financeiras para atender a PROPOSTA da Categoria Petroquímica e, assim, reconhecer, na prática, a altíssima taxa de produtividade dos trabalhadores. Estes já demonstraram nos debates internos e nas assembleias que merecem e necessitam de uma Recomposição Salarial que faça jus ao esforço coletivo da Categoria nas Negociações deste ano.

Categoria mobilizada conquista Direitos, Dignidade e Respeito!

 

111111111111