> AUDITORIA SPIE NA BRASKEM PP2 – PE 5 | Sindipolo

AUDITORIA SPIE NA BRASKEM PP2 – PE 5

PUBLICADO:

No período de 28 a 31 de outubro está ocorrendo na Braskem PP2 – PE5, a Auditoria de Manutenção 2 do SPIE, realizada pelo IBP. O SINDIPOLO participou na segunda feira da reunião de abertura e da entrevista com os auditores do IBP e iremos participar da reunião de fechamento dia 31.

Temos um Dirigente Sindical como observador durante a auditoria. Na entrevista com os auditores, foram abordados temas como:

Efetivo de trabalhadores diretos no quadro do SPIE e nas atividades de manutenção e operação, principalmente as que estão diretamente ligadas às intervenções operacionais e revisões de procedimentos;

Discordamos da metodologia que o IBP/INMETRO adota para os cálculos do efetivo, pois se tornam irreais e imprecisos quando se baseiam, com mais relevância, no controle sobre horas extras e quantidade de relatórios com prazos em dias;

Preocupação com a possibilidade de uma provável unificação dos SPIE na UNPOL e reforçamos também nesta entrevista que não corroboramos com este tipo de prática que possa estar sendo implementada pela empresa;

Consideramos importante que seja uma regra adotada agora pela empresa, a participação de 2 cipeiros na entrevista com o IBP, pois possibilita uma melhor abrangência das demandas que os trabalhadores trazem para a CIPA e não expõe o trabalhador de forma direta e específica nas entrevistas;

Problemas de corrosão sob isolamento, intensificada na unidade próxima da torre de resfriamento;

Trinca na linha de gás de um compressor na spherilene PP2;

Descarregamento diário das carretas de Hexano;

Planta Piloto não está contemplada na relação de equipamentos SPIE;

Aprimoramento na qualificação e treinamento específicos dos Técnicos de Inspeção, mas que sejam proporcionados com recursos promovidos pela empresa, como um plano de constante desenvolvimento profissional;

Os treinamentos do pessoal da Operação como por exemplo as reciclagens em NR-13 e SPIE, devem ser efetuados de modo presencial e não em EAD. Também não devem ser durante o horário de trabalho onde o profissional faz o treinamento e a avaliação eletrônica na sala de controle, com o rádio comunicador na mão, entre outros temas abordados.

O SINDIPOLO seguirá intensificando a atuação em conjunto com o SPIE das empresas, objetivando sempre em primeiro lugar as melhorias estruturais nas condições e proteção ao ambiente de trabalho, na luta constante por uma segurança operacional de verdade, que vise, acima de tudo, a integridade física de todos os trabalhadores e não somente visando a redução de custos para a empresa.