ASSEMBLEIAS REITERAM PROPOSTA E PASSAM HE EXTRATURNO PARA 30 MIN

PUBLICADO:

Os turneiros da Braskem rejeitaram, por unanimidade, nas assembleias realizadas entre os dias 29/4 e 1º/5, a rebaixada proposta da Braskem para o Acordo de Extraturno, que considerava apenas: Pagamento de 15 minutos diários de HE a título de Extraturno, durante a vigência do acordo a ser celebrado;  Os 15 minutos também serão retroativos a maio de 2011 pagos em parcela única; A Braskem quer, através do Acordo, quitação das HE de  troca de turno (Extraturno) para os últimos cinco anos; Não será considerado pagamento de HE para ROIS/supervisores. Será pago somente durante o tempo em que não eram supervisores; Será legalizado o fim do registro do ponto pelo Acordo.

 

CONTRAPROPOSTA DOS TURNEIROS

Nas assembléias, além da rejeição da proposta da empresa, foi aprovada uma contraproposta, que reduziu o tempo de HE da troca de turno (Extraturno) para 30 minutos/dia, mantendo os principais itens da nossa proposta de Acordo, conforme abaixo, que considera o pagamento de horas extras a  todos os trabalhadores que atuem em regime de turno ininterrupto de revezamento.

1) IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA ALTERNATIVO DE CONTROLE DA JORNADA DE TRABALHO EM TURNO; 2) PAGAMENTO DE HORAS EXTRAS DESTINADAS À PASSAGEM DO TURNO PARA TODOS EMPREGADOS, INDEPENDENTE DA FUNÇÃO QUE OCUPAM, SUBMETIDOS AO REGIME DE TRABALHO EM TURNOS ININTERRUPTOS DE REVEZAMENTO, CONSIDERANDO 30 MINUTOS DIÁRIOS; 3) INDENIZAÇÃO COM PAGAMENTO DO TEMPO DE “PASSAGEM DE TURNO” RETROATIVO A MAIO DE 2011; 4) QUITAÇÃO DA QUESTÃO REFERENTE A HE NA TROCA DE TURNO/EXTRATURNO SOMENTE NO PERÍODO DE MAIO DE 2011 ATÉ O FECHAMENTO DO ACORDO DE EXTRATURNO.

Já solicitamos à Braskem reunião para dar continuidade às tratativas sobre o Acordo de Extraturno.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD