> ASSEMBLEIAS DE APRECIAÇÃO DE PROPOSTA | Sindipolo

ASSEMBLEIAS DE APRECIAÇÃO DE PROPOSTA

PUBLICADO:

Aprovada contraproposta de 10% de reajuste, sem escalonamento

Nas assembleias da semana passada os trabalhadores da Braskem, Innova, Lanxess KEL, Oxiteno e Borealis rejeitaram praticamente por unanimidade a proposta de 7,76% de reajuste salarial escalonado. Da mesma forma, aprovaram a contraproposta de 10% de reajuste salarial, SEM ESCALONAMENTO, entre outras questões conforme quadro abaixo.

A decisão dos trabalhadores foi contundente CONTRA A PROPOSTA REBAIXADA e deixou claro sua contrariedade ao escalonamento dos reajustes salariais. A posição demonstrou que as empresas têm que avançar na sua proposta de reajuste e evoluir no auxílio-educação para o pessoal da Braskem e das demais empresas, no piso salarial e  nos auxílios creche e filho com deficiência.

Nas negociações deste ano, em especial do ramo químico/petroquímico, é evidente a posição das empresas de tentar “impor” reajustes salariais rebaixados. Já, os trabalhadores em geral têm buscado reajustes pelo INPC + 5% de aumento real. Nos últimos anos a maioria das negociações em nível nacional tem assegurado aumentos reais na faixa de 2% a 3%.

Neste ano, os bancários e petroleiros, que estão entre as grandes categorias do país com DB setembro (INPC  6,35%), conquistaram reajustes salariais de 8,5% a 9,4%.

No nosso caso temos que, se necessário, desenvolver ações coletivas para forçar as empresas a avançarem na negociação. Reiteramos que além do reajuste, também buscamos o FIM DO ESCALONAMENTO e avanços efetivos nos auxílio-educação para os trabalhadores da Innova, Lanxess KEL, Oxiteno e Borealis e também para os da Braskem.

Nesta quarta-feira, dia 5, temos reunião com as empresas, para formalizar a decisão dos trabalhadores nas assembleias.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD