> ASSEMBLEIAS COMEÇAM NESTA 3ª FEIRA | Sindipolo

ASSEMBLEIAS COMEÇAM NESTA 3ª FEIRA

PUBLICADO:

Com o ADM será na 4ª, na entrada às 7h30 e com os turnos terça, quarta e quinta-feira, conforme tabela abaixo:

Programação das Assembléias

Trabalhadores do  ADM

Braskem, DSM, Oxiteno, Borealis e Innova

4ª feira, dia 29/8, às 7h30, transbordo UNIB

ADM – Escritórios/POA e Turneiros Oxiteno

5ª feira, dia 30/8, às 18h30, no Sindicato.

 

Turneiros – no Transbordo

GRUPO IV – 3ª feira, dia 28, na saída, às 16h

GRUPO V – 3ª feira, dia 28, na saída, às 24h

GRUPO II – 4ª feira, dia 29, na saída, às 16h

GRUPO I – 4ª feira,  dia 29, na entrada, às 24h

GRUPO III– 5ª feira, dia 30, na  entrada, às 16h

 

Durante esta semana, nos dias 28, 29 e 30/08 estaremos realizando assembleias com os trabalhadores do ADM e do Turno, para aprovação da pauta de reivindicações da negociação deste ano.

Na tabela ao lado, está uma proposta com as principais questões a serem tratadas na negociação. Este ano temos que garantir, além do reajuste salarial composto pelo INPC, mais cerca de 5% de aumento real, outros itens que visem equalizar o acordo  aqui no RS e também no setor petroquímico em nível nacional.

Nos dois dias em que discutimos a pauta e a negociação deste ano, em encontro em Salvador dias 10 e 11 de agosto, ficou claro as dificuldades que podemos ter na negociação. As principais empresas do setor já começaram a choradeira de crise  e dificuldade de colocar os produtos no mercado.

Este discurso não é novo. Todos os anos, independente dos recordes de faturamento, os argumentos tem sido os mesmos. Temos que estar preparados para enfrentar este debate e garantir um bom resultado na negociação.

 

Muita luta e mobilização

Na negociação do ano passado, para garantir um acordo satisfatório e um reajuste salarial que atendesse as expectativas e necessidades da categoria tivemos que realizar várias manifestações, com o turno e ADM, onde foi demonstrado muita disposição de luta para assegurar vários avanços no Acordo.

Pelo discurso das empresas, este ano nossas lutas terão que ser ainda mais intensas. Temos que começar já pela participação nas assembleias. Isto é o que vai  demonstrar o quanto a categoria está interessada no resultado da negociação e o quanto vai lutar para atingir um resultado satisfatório.

 

PROPOSTA DE PAUTA DE REIVINDICAÇÕES

Reajuste salarial pelo INPC + cerca de 5% de aumento real;

Piso salarial de R$ 1.500,00;

Abono de férias de 100% de um salário, mais 1/3  de lei (na BA e AL é 80%. Aqui 67% de um salário);

Indenização de um salário aos demitidos com  mais de 45 anos de idade;

Auxílio-educação de R$ 325,00/mês;

Auxílio-creche de um salário mínimo nacional;

Hora Extra de 150% (segunda à sexta) e 200% em parada de manutenção, partida de unidades e finais de semana;

Auxílio para filhos com deficiência de um salário mínimo nacional/mês;

Seguro aposentando de 50 meses, conforme BA e AL;

Questões relativas a condições de trabalho, saúde e segurança.