> ACORDO DE TURNO | Sindipolo

ACORDO DE TURNO

PUBLICADO:

Na primeira reunião de retomada da negociação do Acordo de Turno,  dia 19 de maio, apresentamos à Innova, Lanxess KELL, Borealis e Braskem a pauta de reivindicações para o Acordo de Turno, cuja referência é a negociação que iniciamos em 2013. Nesta, destacamos as reivindicações dos turneiros, que acrescentou um item, tratando do não desconto do intervalo para refeição, ou a ser pago como Hora Extra aos turneiros, quando estes forem deslocados para jornadas de trabalho especiais, para paradas de manutenção, condicionamento e partida de novas unidades, e também para os deslocamentos para o ADMpara execução de tarefas específicas ou treinamentos.

A expectativa é que nos próximos dias seja agendada nova reunião para dar andamento às negociações com atendimento das demandas dos turneiros.

 

PRINCIPAIS ITENS DA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS TURNEIROS

Manutenção das atuais conquistas; Hora Extra transbordo e troca de turno; Horas Extras nos feriados; Horas Extras de dobra de turno; Horas Extras palestras/cursos/treinamentos; Pagamento de interinidade; Aumento do efetivo de turno; Adicional de turno de 95%; Total Hora Mês (THM) 160 horas; Estagiários em turno c/adicionais dos turneiros; Tempo de viagem de 1h30, acima disto HE; Não desconto do intervalo e/ou pagamento de HE para os turneiros deslocados do turno.

 

EXTRATURNO

No dia 14, tivemos reunião com a Braskem, quando apresentamos o resultado das assembleias realizadas com os turneiros no período de 19 de abril a 1º de maio. No encontro, informamos sobre a rejeição, por unanimidade, da proposta da Braskem. Também a aprovação de uma contraproposta que alterou o Extraturno de 35 minutos, tanto retroativo quanto para o futuro, para 30 minutos.

Ficou indicativo que esta semana se tenha nova reunião onde a Braskem apresente nova proposta. A expectativa é que a empresa atenda o que foi aprovado.

CONTRAPROPOSTA DOS TURNEIROS

A contraproposta que apresentamos à empresa contempla:

– tempo de HE da troca de turno (Extraturno)  que era de 35 minutos para 30 minutos/dia;

– implantação do sistema alternativo de controle da jornada de trabalho em turno;

– pagamento de horas extras destinadas à passagem do turno para todos empregados, independente da função que ocupam, submetidos ao regime de trabalho em turnos ininterruptos de revezamento, considerando 30 minutos diários;

– indenização com pagamento do tempo de “passagem de turno” retroativo a maio de 2011;

– quitação da questão referente a HE na troca de turno/Extraturno somente no período de maio de 2011 até o fechamento do acordo de Extraturno.