> AÇÃO TURNO DE 12H NA OPP-PE (PE-4) | Sindipolo

AÇÃO TURNO DE 12H NA OPP-PE (PE-4)

PUBLICADO:

Frente a questionamentos que recebemos sobre a ação das 12h do pessoal da PE-4, reiteramos o que foi amplamente informado no início de 2008, quando a justiça negou ao SINDIPOLO a substituição processual, ou seja, negou a representação dos trabalhadores.

Com a negativa,  fizemos  assembléias para decidir entrada de novo processo. Mas no novo ajuizamento, a Justiça do Trabalho exigiu procurações individuais dos autores.

Distribuímos as procurações aos turneiros para assinarem, mas menos de 20 procurações retornaram assinadas.  Número muito pequeno para o quantidade de pessoas da PE que trabalhou no turno de 12h.

Neste caso se entrássemos com o processo, estas cerca de 20 pessoas que enviaram as procurações, ficariam expostas, sujeitas a retaliações e até demissões.

À época, conversamos com vários turneiros que enviaram as procurações assinadas, e o pessoal pediu que não ajuizassemos a ação só com o nome deles. A decisão foi então que as ações ficariam por conta de cada um quando saíssem da empresa.

O que foi encaminhado na época, com acordo destes trabalhadores, foi amplamente noticiado em vários EM DIA, no início de 2008. As principais abordagens foram nas edições 1298 e 1306.

111111111111