SITUAÇÃO DAS NEGOCIAÇÕES SALARIAIS 2019

PUBLICADO:

Nas negociações da DB outubro e setembro (Arlanxeo) a proposta das empresas foi rejeitada na mesa de negociação e nos dois casos reiteramos a pauta de reivindicações.

Com a PLASC, DB Outubro, a pauta de reivindicações foi aprovada semana passada.

Como havíamos informado, na reunião de negociação dia 27/09, com a Oxiteno, Innova e Braskem, foi apresentada proposta de reajuste dos salários e do piso salarial de 90% do INPC e 0% de reajuste para os auxílios educação, creche e filhos com necessidades especiais. Recebemos a proposta e posteriormente, depois de uma análise pela direção do Sindicato a partir de amostragem com alguns trabalhadores, rejeitamos a proposta das empresas e reiteramos a pauta de reivindicações.

Na negociação com a Arlanxeo (DB Setembro), tivemos reunião na sexta-feira (4), quando a empresa apresentou proposta de reajuste salarial escalonado, sendo pelo INPC (3,28%) para salários até R$ 10.118,41 a partir deste salário, um valor fixo de R$ 331,88. Já para os auxílios creche, OMO e outros, reajuste 0%. Após receber a proposta nos manifestamos rejeitando o que foi apresentado e reiterando a pauta de reivindicações aprovada pela categoria, conforme quadro ao lado.

A expectativa é que a partir destas primeiras reuniões (DB Setembro e Outubro), as empresas revejam suas posições e apresentem propostas compatíveis com o que buscam os trabalhadores.

Já na negociação com a PLASC (DB Outubro), tivemos assembleia semana passada, quando foi aprovada a pauta de reivindicações

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DB setembro e outubro

Reajuste salarial pelo INPC acumulado nos últimos 12 meses + 5% de reposição de perdas pelo custo de vida da categoria;

Reajuste do piso salarial pelo INPC + 5% aumento real;

Reajuste para os benefícios/auxílios educação, creche, filho com deficiência, OMO (ARLANXEO) e outros praticados pelas empresas, também pelo INPC acumulado nos últimos 12 meses + 5%.

 

TRABALHADORES DA PLASC

APROVAM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES
Os trabalhadores da PLASC aprovaram, em assembleias realizadas no dia 2 de outubro, na Portaria da empresa, a pauta de reivindicações para às negociações deste ano com a empresa. A proposta aprovada busca reajuste pelo INPC do período, mais 5% de aumento para os salários e outros itens econômicos, além de validade do Acordo por dois anos, com negociação das cláusulas econômicas em 12 meses, e a manutenção das demais conquistas do Acordo. O SINDIPOLO já solicitou reunião com a empresa para apresentar a pauta de reivindicações aprovada pela categoria, e dar início às negociações. A expectativa é que a primeira reunião aconteça ainda esta semana. Confira os principais itens da pauta aprovada:

Reajuste Salarial e dos auxílios pelo INPC dos últimos 12 meses + 5% de aumento real;

Manutenção das conquistas do atual Acordo Coletivo de Trabalho;

Reajuste do piso salarial pelo mesmo percentual de reajuste do salário;

Assistência médica aos trabalhadores e seus dependentes;

Transporte e alimentação fornecidos pela empresa, sem custo para os trabalhadores;

HE a 120%;

Abono de férias de um salário;

Insalubridade de 40% do salário;

Adicional noturno de 35%;

Jornada de trabalho de 40h semanais para todos os trabalhadores;

Pagamento de PLR;

Reajuste do valor do cartão-alimentação conforme reajuste salarial;

Auxílio educação de um piso salarial anual a toda a categoria;

Licença-maternidade de seis meses;

Estabilidade de 120 dias à gestante.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD