AUDITORIA SPIE NA BRASKEM PE 4

PUBLICADO:

Na próxima semana, de 15 a 18 de outubro, ocorrerá na Braskem PE4 a Auditoria de Manutenção 2 do SPIE, realizada pelo IBP que é o órgão auditor responsável, credenciado pelo INMETRO. O SINDIPOLO irá participar das reuniões de abertura, fechamento, da entrevista com os auditores e terá um Dirigente Sindical como observador.

Na entrevista com os auditores do IBP iremos abordar temas como a substituição do reator autoclave e a preocupação contínua com relação ao efetivo de trabalhadores, quando discordamos da metodologia que o IBP adota para os cálculos do efetivo, baseando, por exemplo, com ênfase no controle sobre horas extras e relatórios com prazos em dias, pois, como já relatamos na auditoria realizada na Unidade PE6 em agosto passado, na opinião do SINDIPOLO existem demandas como a intensidade de trabalho adotada nos períodos que antecedem as auditorias, com a utilização mais intensa do efetivo direto e terceirizado, bem como o fato dos profissionais da Inspeção não terem tempo adequado para maior qualificação em treinamentos internos e externos ou para atuar de forma mais tranquila nas demandas do dia a dia.

O SINDIPOLO considera também contraditório quando o órgão auditor tolera desvios que são caracterizados como observações e/ou preocupações, mas não contabiliza no cálculo do efetivo que existem as dificuldades de cumprir alguns requisitos e pendências, justamente por estarem direta ou indiretamente ligados ao fato do efetivo não ter tempo adequado para possibilitar essa melhor adequação dos procedimentos e tratamentos melhor das causas e abrangências das não conformidades.

Reafirmaremos também, entre outras demandas, que não concordamos com a metodologia que a empresa vem adotando de reavaliação das Recomendações de Inspeção para postergar a execução das mesmas. É preciso corrigir e criar mecanismos para viabilizar a conclusão da Recomendação, no período estabelecido no momento de sua abertura, quando o sistema eletrônico de programação define a data limite de conclusão.

Intensificaremos nossa luta contra a possibilidade oriunda dos “sinais” de que possa ocorrer uma provável unificação dos SPIE na UNPOL/Braskem e manifestaremos nossa não concordância, em hipótese alguma, a eventual unificação que possa vir a ser implementada.

Caso os trabalhadores da PE4 tiverem algum questionamento ou contribuição que considere relevante tratarmos com os auditores e com o SPIE da Braskem, queiram entrar em contato com o sindicato ou diretamente com os dirigentes sindicais, pois temos tido reuniões preliminares com o SPIE para tratarmos, em conjunto, de temas que consideramos importantes abordar, mesmo antes da Auditoria.

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD