POR QUE os dirigentes sindicais ESTÃO nas comissões?

PUBLICADO:

Os diretores do Sindicato participam das CIPAs, comissões de PLR e atuam em questões de NR13 e SPIE para auxiliar os demais integrantes destes fóruns e não para substituí-los.  Estes dirigentes têm condições de atuarem com maior tranquilidade, pois têm amparo e garantias que permitem se manifestarem sem o risco de represárias ou penalização.
Há algum tempo, o SINDIPOLO tomou a decisão de que os dirigentes sindicais participassem das diferentes comissões e Grupos de Trabalho (GTs) que existem nas empresas do Polo, especialmente na Braskem e Innova, como da CIPA, da PLR, da NR13, do SPIE, entre outras.

O objetivo é participar dos fóruns onde são tomadas decisões e/ou medidas importantes, que dizem respeito a saúde, segurança e direitos dos trabalhadores. Isto especialmente frente as frequentes tentativas das empresas de omitir ou minimizar acidentes e ainda, muitas vezes, quererem responsabilizar/penalizar o trabalhador; a não emissão de CATs; a precarização da manutenção de equipamentos; as tentativas de rebaixar direitos; e tantas outras que vivenciamos com frequência no Polo.

PODER DE COBRANÇA

São conhecidas as formas de pressão usadas pelas empresas para intimidar o trabalhador, inclusive ASSÉDIO MORAL, como muitas vezes denunciamos. Fazem isso para imporem sua vontade e suas práticas. Para os trabalhadores sem efetiva estabilidade ou com estabilidade relativa, e com pouco espaço de contestação, fica fácil para as empresas aprovarem, nas Comissões, medidas que lhes convenham.

Para contribuir com as demais representações dos trabalhadores é que os dirigentes têm participado dos processos de escolha dos membros das Comissões. Eles têm condições de reforçar as cobranças, nos debates e nos posicionamentos, já que têm mais amparo e garantias legais para se manifestarem, sem o risco de eventuais represálias. Podem dizer não, se negarem a homologar o que as empresas querem, para defender os interesses dos trabalhadores em temas como nas negociações de PLR e outros como saúde e segurança, melhores condições de trabalho e demais  direitos. Assim, conseguem levar a posição da categoria, minimizando a exposição dos demais membros das Comissões que, muitas vezes, sequer têm o direito mesmo a estabilidade relativa.




DESENVOLVIMENTO BY
KOD