BRASKEM: NEGA AOS TRABALHADORES, MAS PAGA ANTECIPADO AOS ACIONISTAS

PUBLICADO:

A Braskem anunciou, na semana passada, que pagará R$ 1 bilhão em dividendos anteci­pados para os acionistas, relativos ao exercício de 2017. Segundo comunicado da empresa, o valor tem como referência parte do lucro líqui­do apurado no ano até setembro. Nos últimos anos não se tem notícias de que a Braskem te­nha sido tão “generosa” com os acionistas ao ponto de antecipar o pagamento dos dividen­dos a eles, inclusive antes do fechamento do balanço do ano.

E ENQUANTO ISSO…

…nas negociações, onde são tratados os salários e os benefícios dos trabalhado­res, a empresa continua insistindo no reajuste salarial de apenas o INPC acumulado. Isso, mesmo diante de uma realidade de aumentos de preços que ultrapassam, em muito, a inflação e que ocorrem em diversos setores, como educação, transporte, luz, gasolina, planos de saúde e impostos, entre outros.

A Braskem e as demais empresas desconsideram que o período de reajuste com INPC baixo é exatamente o momento de garantirem reajustes salariais com aumento real e, ainda assim, manterem os atuais patamares de comprometimento da receita com a folha de pagamento nos mesmos níveis. A empresa sequer acompanha outras negociações de setores bem menos lucrativos, mas que têm garantido aumento real aos seus trabalhadores, conforme estudo do DIEESE, que mostra que de 364 negocia­ções acompanhadas pelo órgão este ano, 221, ou cerca de 61%, ficaram acima do INPC

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD