COMISSÃO ESTADUAL DO BENZENO VISITA VIDEOLAR-INNOVA

PUBLICADO:

A Comissão Estadual do Benzeno (CEBz/RS) retomou as visitas técnicas nas empresas. No dia 25/10 visitou a Videolar-Innova para acompanhar o cumprimento do acordo do benzeno, além de observar eventuais boas práticas implantadas. Foi visitada a área do Etil Benzeno.

A Comissão fez um resgate histórico da Planta antiga, cheia de problemas, e a busca constante com a ajuda das CEBZ-RS e, principalmente, da Comissão Nacional Permanente do Benzeno(CNPBz) para a conquista definitiva da Nova Planta de Etil Benzeno. Esta planta possuía a melhor tecnologia da época e tem como exemplo equipamentos, bombas magnéticas, válvulas de fole, expectômetro de massa e adoção de boas práticas nos programas de Higiene Ocupacional para o controle das exposições ambientais e ocupacionais ao Benzeno.

Foram feitas algumas observações pela Bancada dos Trabalhadores como: melhorar a sinalização na área, convidar os Representantes do Grupo de Trabalhadores do Benzeno (GTB) na Cipa para acompanhar a aferição do expectômetro de massa e até endossar está validação.

É bom lembrar que este equipamento foi projetado para medir em torno de 50 pontos de riscos químicos diferenciados em toda as áreas da Empresa e hoje mede só nove pontos do cancerígeno Benzeno nos equipamentos de maior risco na área de Etil Benzeno.

A Bancada dos Trabalhadores também sugeriu que a área de Segurança, Saúde e Meio Ambiente (SESMA) adquira um Ultra Rae, equipamento referenciado para a medição do Benzeno. Também solicitamos que a empresa volte a liberar um representante do seu GTB para participar de reuniões das Comissões Estadual e Nacional do benzeno.

Lembramos ainda que a Innova tinha a boa prática de liberação dos Representantes dos Trabalhadores do Benzeno, coisa que agora com a Videolar não vem acontecendo.

A Bancada dos Trabalhadores foi bem recepcionada na empresa, não teve qualquer entrave para sua atuação. Continuará sua vigilância para que o atual sistema de gestão de saúde, segurança e meio ambiente não seja precarizada.

 




DESENVOLVIMENTO BY
KOD